Pesquisa da iStock mostra aumento na busca por imagens de mulheres negras para campanhas e imagens publicitárias

24 de Agosto de 2021

A palavra chave Mulher de Negócios Negra teve um aumento de 278%

De acordo com a pesquisa Visual GPS - realizada pela iStock - os consumidores brasileiros apresentam o maior índice global de aceitação trabalhando em prol do anti-racismo e da justiça social, e a maioria deles está disposta a contestar ativamente a discriminação.
Os brasileiros estão em busca de campanhas e imagens publicitárias que trazem pessoas negras e preferem empresas que apoiem a diversidade e utilizem essa publicidade mais ampla. 
•    90% dos consumidores brasileiros concordam com a afirmação “Não basta ser anti-racista; devem também trabalhar ativamente em prol da justiça social ”.
•    72% dos consumidores brasileiros declaram concordar com a afirmação: “Tenho o compromisso de contestar ativamente a discriminação e o preconceito sempre e onde quer que eu a perceba”.
•    77% dos consumidores brasileiros preferem comprar marcas que apoiem as questões sociais.
•    Apropriação cultural: a auto identificação com a etnia negra é algo de maior orgulho entre as gerações mais jovens.
•    10% dos brasileiros pesquisados se identificam como de etnia negra, enquanto entre a Geração Z exclusivamente esse número aumenta para 30%
Em um ano, a iStock e a Getty Images notaram um aumento significativo na busca de imagens de comunidades negras, vejamos abaixo:

Getty Images no Brasil
Na Getty Images, de janeiro a junho deste ano, a palavra chave Mulher Negra teve um aumento de 36% se comparado ao mesmo período do ano anterior (2020). 

iStock no Brasil (Jan-Jun 2021 vs Jan-Jun 2020):
A palavra chave Pessoas Negras teve um aumento de 75%, Homem Negro, 82%, a palavra chave Mulher de Negócios Negra teve um aumento de 278% e a busca por mulher negra em computador teve um aumento de 791%.
Black Lives Matter, Médico Negro, Mulheres Negras e Consciência Negra também tiveram um aumento significativo de buscas, ficando entre 71 e 116%.
 

Notícias Relacionadas