Organização com foco na saúde mental masculina pede por mais corpos reais na publicidade

20 de Maio de 2019

Oito homens foram escolhidos para estrelar a campanha

Temos visto recentemente uma onda de empoderamento feminino que pede por mais representatividade nos diferentes meios e que luta pelo fim de padrões tóxicos de beleza. Se o tema já é uma questão das mulheres, agora quem pede por maior representação na publicidade, são os homens.

A organização focada no bem-estar e na saúde mental dos homens, Manual, lança a campanha “Men of Manual", a qual pede que o mercado publicitário substitua imagens irreais de corpos masculinos por representações comuns, uma vez que os padrões só ajudam a prejudicar a saúde mental.

Oito homens foram escolhidos para estrelar a campanha, que inclui o ativista transgênero Kenny Ethan-Jones, o modelo plus size Ben Whittaker e a modelo Bashir Aziz, que tem Vitiligo.

O movimento desafia os estereótipos do físico masculino ideal. Segundo o co-fundador da Manual, George Pallis, a maioria dos anúncios retrata os homens como magros ou fortes, o que é um falso reflexo da sociedade: “Esperamos melhorar o bem-estar mental e físico dos homens em todos os lugares”, diz.

Notícias Relacionadas