Nova campanha do Globo Esporte aborda uma questão ainda existente na sociedade atual: O Racismo

21 de Agosto de 2021

Relatos de cyber-atletas se acumulam e há casos que provocam quebras contratuais devido a manifestações racistas

Foto:Unsplash

 

90 milhões! Esse é o número de gamers reunidos no Brasil e, cada vez mais há um crescente número de casos de discriminação racial. Dado isso, o Globo Esporte lançou uma campanha sobre a importância de denunciar ataques racistas, visando promover a diversidade no universo de e-sports.

O GE tem uma editoria dedicada a e-sports, que conta com um time especializado na produção de conteúdo de jogos eletrônicos, reunindo 11 categorias de games como LOL, Free Fire, PES e FIFA, e na cobertura dos principais campeonatos do país e do mundo. A editoria traz ainda vídeos especiais assinados por ícones de e-sports, como Batman e Zantins, e podcasts dedicados ao tema, como ATR NO GE e Early Game.

O jornalista Marcos Luca Valentim, cofundador do podcast Ubuntu Esporte Clube afirma que, “É fundamental deixar explícito que ambientes virtuais não são locais em que tudo é permitido. Manter uma conduta antirracista é, antes de tudo, entender como o racismo opera na nossa sociedade. O esporte é uma excelente ferramenta de combate, pois ele chega a todo mundo. Como o ambiente de e-sports tem muitos jovens, temos a oportunidade de plantar a semente da consciência ainda cedo”.

 

 

 

Notícias Relacionadas