Nova campanha da Uber combate o assédio, a homofobia e o racismo

13 de Fevereiro de 2020

Ação divulga novo Código de Conduta da empresa

Imagens: Divulgação/Linkedin

 

Para divulgar o seu novo Código de Conduta, a Uber divulgou esta semana uma campanha out of home que visa combater o “assédio, atos de racismo, LGBTfobia ou qualquer outro tipo de violência”.

A campanha,que fica até o início de março nas ruas, conversa com os foliões que pedem um Uber na hora de voltar da festa e lembra a todos que discriminação e assédio são crime – e não são tolerados no uso do aplicativo, podendo levar ao banimento.

Alem disso, a ação terá também peças em redes sociais que remetem  ao novo Código. 

“Este não é apenas um comunicado. É um posicionamento oficial da Uber. Nenhum tipo de violência deve ser tolerado e acreditamos no respeito como um caminho para segurança. É simples. Ou pelo menos deveria ser”, diz a marca no texto do código.

“Se você faz piadas sobre a cor de pele de alguém e acha que respeito ao próximo só deve acontecer quando o próximo é igual a você, já sabe né? Isso mesmo, a Uber não é pra você”, resume o texto.

Notícias Relacionadas