No Dia das Mulheres, campanhas trocam homenagens por combate a violência

08 de Março de 2016

O Dia Internacional da Mulher vem carregado de campanhas com forte tom de protesto este ano. Muitas ações de marketing deixaram as homenagens na publicidade para protestar contra a violência doméstica e outras barreiras contra a igualdade entre os gêneros.

'Face it Together'
Embaixadora da boa vontade da ONU para o Desenvolvimento da Mulher, a atriz Nicole Kidman convidou o público, em sua página no Facebook, a publicar fotos de seus rostos no site da campanha #FaceItTogether em apoio à luta contra a violência contra a mulher.

 

'Nao se cale'
O Miss Intercontinental Brasil publicou fotografias de mulheres que sofreram violência e um vídeo em mostra estatísticas de violência física, moral e sexual. Os dados apresentados no filme foram divulgados no Balanço dos atendimentos, entre janeiro e outubro de 2015 pela Central de Atendimento à Mulher (180), da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR).

 

Igualdade salarial e estupros
O Parlamento Europeu publicou um filme que mostra o quanto as questões de igualdade de gênero ainda precisam avançar no continente. O vídeo menciona a necessidade da igualdade salarial, o maior acesso à educação, as ocorrências de estupros mesmo em países avançados e os incontáveis casos de assédio sexual.

 

 

'A pobreza é sexista'
"62 milhões de garotas têm o direito à educação negado. A pobreza é sexista", denuncia um cartaz da One por ocasião do Dia Internacional da Mulher. A entidade que atua no combate à pobreza e na prevenção de doenças em lugares pobres do planeta, principalmente na África.

 

Maquiagem que esconde a violência
Em março de 2015, a agência Lew’Lara\TBWA criou para a Casa Sofia (Núcleo de Defesa e Convivência da Mulher) um anúncio alertando para a necessidade de que a violência doméstica não pode ser escondida. A foto de uma mulher usando maquiagem anuncia o poder de remoção de um "demaquilante inovador". Na peça, há uma amostra do produto e o convite para o leitor fazer um teste e passar o demaquilante na imagem. A maquiagem removida revela machucados e edemas no olho, além da frase: “Não esconda a violência, ligue 0800 770 3053 e denuncie”.

 

Notícias Relacionadas