Licitação da  Prefeitura de Florianópolis terá abertura de envelopes nesta quinta-feira, dia 11 de janeiro

09 de Janeiro de 2018

A Prefeitura Municipal de Florianópolis publicou no dia 22 de novembro de 2017 um edital de licitação na modalidade de CONCORRÊNCIA, do tipo Melhor Técnica e Preço, destinada à seleção e contratação de agências de propaganda para prestação de serviços publicitários, seguindo instruções da Lei n. 8.666/93.

 

CONCORRÊNCIA Nº 391/SMA/DSLC/2017 INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES

Os invólucros com as Propostas Técnicas e de Preços (Envelopes nº 1, 2, 3 e 4 serão recebidos):
Data: 11/01/2018
Horário: até 13h50
Local: Secretaria Municipal de Administração, Diretoria do Sistema de Licitações e Contratos, Rua Conselheiro Mafra, nº 656 Edifício Aldo Beck, 3º andar, sala 303, Centro, Florianópolis/SC.

Abertura das Propostas:
Data: 11/01/2018
Horário: 14h
Local: Secretaria Municipal de Administração, Diretoria do Sistema de Licitações e Contratos, Rua Conselheiro Mafra, nº 656 Edifício Aldo Beck, 3º andar, sala 303, Centro, Florianópolis/SC.
Para obter o edital acesse o site da Prefeitura de Florianópolis.

 

VERBA
O montante em licitação é R$ 9,8 milhões, divididos em dois Lotes como seguem:

ADMINISTRAÇÃO DIRETA LOTE I
● Projeto/Atividade: 2363 
● Elemento 339039  
● Valor: R$ 8.000.000,00 – oito milhões de reais
● Fonte de Recurso: 80 – Recurso Próprio

ADMINISTRAÇÃO INDIRETA LOTE II
● Projeto/Atividade: 2364 
● Elemento 339039  
● Valor: R$ 1.800.000,00 – um milhão e oitocentos mil reais
● Fonte de Recurso: 80 – Recurso Próprio

Prazo: 12 meses a partir da assinatura do contrato

 

BRIEFS

LOTE 1. Tema - FLORIPA SEGURA
O aumento na violência é um problema que assola todo o país. Em Florianópolis, a situação não é diferente. Diante desse cenário, a Prefeitura Municipal de Florianópolis lançou um conjunto de ações voltadas à prevenção e à melhoria da segurança em todas as regiões da cidade. As principais medidas do programa Floripa Segura são:

GUARDA MUNICIPAL COMUNITÁRIA - Com a Guarda Municipal mais próxima das pessoas, a Prefeitura quer garantir mais segurança e prevenir ocorrências nos bairros, fortalecendo a cultura do policiamento comunitário e cidadão, com projetos de integração da Guarda Municipal com a comunidade, como a Ronda Escolar, Ronda Bike e a Rota Segura, entre outros projetos semelhantes.

MAIS GUARDAS NA RUA - Agentes que desempenham função administrativa passaram a dedicar parte da carga horária por semana ao trabalho operacional, assim como novos guardas, aprovados em concurso em 2015, serão convocados para integrar a Guarda Municipal, ao longo dos próximos dois anos.

VIDEOMONITORAMENTO - A Prefeitura firmou um convênio com a Secretaria Estadual de Segurança Pública para a manutenção de mais de 300 câmeras de monitoramento, espalhadas por toda a cidade, que serão espelhadas na central de videomonitoramento, permitindo ações coordenadas das polícias e inibindo pequenos delitos cometidos diariamente.

- Objetivo de Comunicação
Dar publicidade às novas ações da Prefeitura, contidas no programa Floripa Segura, transmitindo ao público uma sensação de bem-estar e tranquilidade, sem deixar de lado a seriedade devida ao assunto. O cidadão precisa ser informado que a Prefeitura não está medindo esforços para garantir a segurança de todos que moram em Florianópolis.

 

- LOTE 2. Tema: MINHOCA NA CABEÇA
A Prefeitura de Florianópolis adota conceito inovador e sustentável para a gestão dos resíduos sólidos domiciliares. A proposta é reciclar hábitos para gerar cada vez menos lixo. Estão contados os dias para a sociedade que joga coisas fora. O modelo produtivo de retirada e descarte infinitos de materiais será substituído por uma economia circular e regenerativa. Essa economia supõe nova ética e novo design orientados a eliminar a noção de lixo.

Até lá, a sociedade começa a se dar conta que recusar, reaproveitar e reciclar os resíduos são os primeiros passos para esse mundo mais sustentável e saudável. Aqui em Florianópolis, a Prefeitura assume a dianteira da caminhada. Vai tornar política pública a valorização de resíduos orgânicos por meio do projeto Minhoca na Cabeça. Serão doados os primeiros 500 kits para compostagem com minhocas.

Está sendo desenvolvido um sistema web para inscrição e monitoramento do projeto.  A pessoa interessada assumirá o compromisso de participar do programa de compostagem doméstica. Os minhocários serão montados e entregues em oficinas da Comcap. O manejo será monitorado para registrar o desvio de resíduos do aterro sanitário e a consequente redução da pegada de carbono de Florianópolis. 

Com base na produção média de 1,6 quilo de resíduos orgânicos por família por dia, os 500 colaboradores desviarão 292 toneladas de resíduos orgânicos por ano em Florianópolis, com economia direta de R$ 43 mil em transporte até o aterro e redução de 70% na emissão de carbono.

- Objetivo da Comunicação:
Dar publicidade a esta ação da Prefeitura, como uma ação pioneira e de futuro, ao mesmo tempo, estimular as pessoas a aderirem ao programa municipal de coleta seletiva e, em particular, ao projeto Minhoca na Cabeça, para reciclagem de resíduos orgânicos. 

As metas do Plano Municipal de Coleta Seletiva de Florianópolis são para desviar 37% dos recicláveis secos e 45% dos resíduos orgânicos até 2020.