A HISTÓRIA DE QUEM FAZ HISTÓRIA | D/Araújo, uma agência que se reinventa

07 de Maio de 2020

A D/Araújo mostra que a publicidade está aí para ser reinventada e que fazer o novo, de novo, é o combustível que move a agência

Na foto, da esquerda para a direita Daniel Eduardo de Araújo, Daniel Araújo e Ubiratan Andrade

 

Daniel Araújo, um dos profissionais mais influentes do meio publicitário no País, não se apega à fórmulas de sucesso. Para manter sua agência em permanente movimento, ele segue apenas uma regra: reinventar-se o tempo inteiro. A inquietude, uma das características do publicitário, começou a se desenvolver aos 18 anos, quando teve que decidir entre a segurança de um emprego público e a vocação empresarial. A paixão pela propaganda venceu. Assim, em 1983, nasceu a D/Araújo Comunicação.

 

 

São 36 anos construindo uma trajetória de sucesso marcada pelas conquistas de importantes títulos, como o de Publicitário do Ano, por 4 vezes em Santa Catarina, e os cobiçados Marketing Best – recebido em 1997 pela decisiva contribuição oferecida para o desenvolvimento e aplicação da ideologia e técnica do marketing em nosso País – e o título de Publicista Latino-Americano – conferido em 2013 pela Associação Latino-Americana de Agências de Publicidade por seu importante trabalho realizado em favor da publicidade brasileira e latino-americana.

 

Nessas três décadas de empresa, Daniel Araújo sempre esteve à frente da agência mais premiada do Estado. São 12 títulos de agência do ano em Santa Catarina e vários prêmios espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. Entre os mais reconhecidos estão: Prêmio Profissionais do Ano Rede Globo, Prêmio Editora Abril, Festival Mundial de Gramado e os internacionais New York Festivals, London International Awards, e Lürzer's Int' Archive.

 

Hoje, Daniel Araújo divide o comando da agência com um time familiar e de forte conexão com o negócio. Seu irmão, Ubiratan Andrade, formado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), chegou antes da agência completar os primeiros cinco anos e logo conquistou uma posição-chave para o bom andamento administrativo e operacional da empresa. Nos anos recentes, o filho Daniel Eduardo de Araújo veio agregar conhecimentos em marketing e inovação, adquiridos em universidades norte-americanas (Monroe College e Stetson University), que somaram aos seus conhecimentos em Economia e Sociologia, adquiridos anteriormente na UFSC. E é exatamente nessas áreas sensíveis do mundo moderno, o marketing e o meio digital, que Daniel Eduardo e seu irmão Guilherme Araujo estão fazendo a diferença, inserindo a agência no mundo das startups e da Neurociência, uma fronteira decisiva para a publicidade do futuro, mas que já teve início no planejamento da D/Araújo.

 

Histórias de sucesso

Na trajetória da agência, um ponto alto foi a campanha para a Parati Alimentos, que teve no craque Robinho um garoto-propaganda no auge da popularidade, pouco antes de ser vendido para o clube espanhol Real Madrid. O sucesso da campanha resultou num sucesso de venda na produção de biscoitos, sucos e achocolatados Bom de Bola Parati para o Grupo Pão de Açúcar. Três anos depois a empresa, em alta, seria vendida por R$ 1,38 bilhão para a americana Kellogg.

 

 

 

“São coisas que conseguimos aqui e que sempre nos deixam ao mesmo tempo satisfeitos e impressionados” revela Daniel Araújo, que viu a sua agência ser a primeira a atender a conta publicitária do Bradesco Seguros fora do eixo Rio-São Paulo. Ao mesmo tempo, graças a um forte trabalho de percepção de mídia, a agência realizou outra façanha: vencer concorrentes consagrados no turismo nacional e conquistar para Santa Catarina 5 vezes consecutivos o título de Melhor Destino Turístico do país pela revista Viagem e Turismo da Editora Abril.

 

Sucesso também foi a parceria com a Cerâmica Eliane, que permaneceu por 17 anos como Top of Mind entre consumidores de todo o Brasil. Nesse período, alcançou a condição de marca de porcelanato mais vendida no país devido a um trabalho publicitário baseado na valorização da autoestima e da nacionalidade brasileira. “São histórias maravilhosas que desenvolvemos minuciosamente em equipe e que nos orgulham muito”, conta Ubiratan Andrade, sócio da D/Araújo.

 

A agência também foi responsável por inúmeras campanhas exitosas, como a do fortificante Sadol, que teve no campeão mundial de boxe Popó o grande astro de uma campanha televisiva que resultou no aumento de mais de 300% nas vendas do produto no mercado baiano. Celebridades do mundo da televisão e dos esportes sempre estiveram presentes nas campanhas da D/Araújo. Xuxa, Robinho, Popó, Ana Glória Pires e Adriana Esteves, os apresentadores Ana Maria Braga, Celso Potioli, Rodrigo Faro foram algumas das personalidades que emprestaram seus talentos para levar ao público as ideias desenvolvidas pela agência catarinense.

 

Com a global Ana Maria Braga, a agência protagonizou um dos maiores cases da publicidade brasileira, quando conseguiu o grande feito de aumentar em quase 50% o consumo de carne suína no País, antes considerada erroneamente uma carne gorda e perigosa para a saúde. A campanha, que teve como conceito “Carne suína é saudável, é carne branca”, mudou o hábito alimentar do brasileiro de consumir 8 kg per capita de carne suína para 12,5 kg em apenas dois anos. Para isso, foram realizadas ações que envolveram um completo planejamento de comunicação em várias frentes, tendo como garotos-propaganda a apresentadora Ana Maria Braga e o porquinho Brad Pig, o carismático personagem criado pela agência. Mais uma vez na história da D/Araújo, um resultado altamente positivo deu frutos: a conquista da conta da Seara Alimentos, gigante do agronegócio nacional que passou a promover uma série de novos produtos suínos que hoje fazem parte do cardápio de milhões de pessoas.

 

Ana Maria Braga

 

Brad Pig

 

 

Hoje, a carteira de clientes da D/Araújo conta com importantes marcas, como Grupo Amauri, Sicoob SC/RS, Companhia Águas de Joinville, Döhler Têxtil, Eletrosul, Prefeitura de Itajaí, Prefeitura de Florianópolis e Sebrae SC, no qual a agência está em primeiro lugar após abertura da proposta técnica, faltando a abertura de preço e habilitação.

 

 

 

Döhler: o orgulho de uma parceria que dura mais de 20 anos

A parceria, que teve início há mais de 23 anos, vem se consolidando cada vez mais com o passar do tempo. A confiança da Döhler na agência é tanta que a D/Araújo passou a ser mais do que responsável pela comunicação da marca: tornou-se também a sua própria estrutura de marketing, com a missão de criar, produzir e veicular campanhas publicitárias e de gerenciar a assessoria de imprensa, as redes sociais e a comunicação interna, além de desenvolver o PDV e eventos, como o Momento Döhler. Durante todo esse tempo, a D/Araújo ajudou a Döhler a alcançar o reconhecimento no País inteiro, conquistando a preferência do consumidor não só pelas suas campanhas criativas, mas também pelo seu lado socioambiental.

A Döhler é conhecida por fazer grandes campanhas com celebridades, entre elas Adriana Esteves e Glória Pires. Também obtém grande êxito investindo em redes sociais e ações de merchandising na TV.

 

 

 

Sicoob: é cooperando que se cresce junto

Recentemente a agência comemorou a conquista pelo Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil – Sicoob – de um lugar modesto no segmento para uma posição de Top of Mind em Santa Catarina. Em pouco tempo, o Sicoob passou a ser percebido com intensidade pelo consumidor, com gradual aumento de budget, chegando à expressiva marca de mais de 1 milhão de associados. E todo esse êxito foi alcançado graças a um intenso trabalho de construção de identidade, que envolveu a criação de um novo conceito de campanhas criativas e assertivas, que divulgam os produtos e os valores fundamentais da marca, como o cooperativismo.

 

 

 

 

Hub de inovação para resultados

Poucas vezes na história da humanidade uma revolução tecnológica alterou tanto as formas de produção e de consumo como a que vem acontecendo nas últimas décadas. O impacto da digitalização mudou não só a maneira como os consumidores se relacionam com as marcas, afetando também as formas de trabalho, as relações humanas e a produção de conhecimento. Para a publicidade, essas mudanças estabeleceram rupturas com as maneiras tradicionais de vender produtos e chegar o consumidor. Mandamentos que eram lei no meio há menos de uma década hoje parecem se desmanchar no ar, ou melhor, na nuvem. “Vivemos um momento de transição, de mudança de paradigma, em que a transformação digital está impactando o modo de agir e trabalhar das pessoas e das empresas”, destaca Daniel Araújo. “Esse novo mundo, que ainda está nascendo, não vai simplesmente substituir a economia tradicional e os métodos comprovadamente eficazes de fazer as coisas, mas sim complementar e, aos poucos, fazer surgir algo novo a partir da troca de aprendizados”, assegura.

 

Neurociência e consumo

Uma parceria inédita entre a D/Araújo com o instituto português ICN Agency e a renomada empresa de formação técnica PsicoSoma promete revolucionar a relação de marca e consumidor, proporcionando uma aproximação da publicidade com as soluções da Neurociência aplicada ao consumo.

 

O estudo do cérebro dos consumidores – suas sinapses e reações eletroquímicas associadas a demais fatores físicos e psicológicos – está realizando uma verdadeira revolução na compreensão de como acontece a tomada de decisões não só de compra, mas também de escolhas políticas. “A Neurociência será o Waze da comunicação: no futuro, não vamos mais dirigir sem GPS, nem fazer comunicação sem os dados coletados cientificamente guiando o processo criativo”, afirma Daniel Araújo sobre os incríveis níveis de acerto que a nova ciência confere à publicidade e os métodos mais eficazes para atingir um público-alvo. “Vamos proporcionar um serviço de Neurociência Cognitiva aplicada ao marketing junto ao trabalho operacional e criativo da agência para dar vazão ao que está sendo investigado, já que muitas vezes as pesquisas não geram as ações necessárias para complementar o processo”, enfatiza Daniel Eduardo.

 

O desafio da D/Araújo será alinhar cada vez mais e fazer interagir os dados “duros” e infalíveis da ciência com as soluções criativas que são a marca do time comandado por Daniel Araújo em uma trajetória de 36 anos de sucesso.

 

 

Notícias Relacionadas