Publicidade
Conar abre processo para julgar comercial da Sadia que usa o nome Luis Augusto de forma pejorativa
01 de Agosto de 2016

Conar abre processo para julgar comercial da Sadia que usa o nome Luis Augusto de forma pejorativa

Publicidade

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) abriu um processo para julgar uma propaganda da Sadia que usa o nome Luis Augusto de maneira pejorativa. O órgão recebeu mais de 130 reclamações de consumidores com nome Luis Augusto, ou de pais com o mesmo nome, que não aprovaram a brincadeira da marca, apontando-a como ofensiva e desrespeitosa.

Publicidade

No comercial, lançado em 15 de julho, o vendedor oferece a uma cliente o presunto Sadia e o “Luis Augusto”, um produto de baixa qualidade que não tem saída na loja. De acordo com o G1, o filme gerou polêmica com reclamações e protestos nas redes sociais. Em resposta, a marca reforçou que “o nome é só uma escolha criativa pra acompanhar o bom humor da Sadia em suas campanhas. O único Luis Augusto que nos referimos é o Presunto, os outros são tops”. No dia 22, a Sadia lançou outro vídeo no qual responde à polêmica e diz que “não é pessoal”. Confira:

Publicidade
Publicidade