CENP divulga investimento publicitário do 1º Semestre de 2018

13 de Dezembro de 2018

Estudo foi realizado com base num painel de 78 agências

 

Já estão disponíveis no site do CENP, Conselho Executivo das Normas-Padrão, os dados do CENP-Meios referentes aos investimentos em mídia no 1º semestre deste ano, com painel de 78 agências. Para tornar possível uma comparação direta, foram apurados também os investimentos no mesmo período de 2017.

Dados consolidados de 2017
Caio Barsotti, presidente do CENP, diz que essa revisão é parte de um processo natural de aperfeiçoamento, depois do lançamento dos primeiros dados, em agosto. “Tem sido um período de intenso aprendizado e aprimoramento do sistema, dada a dinâmica de funcionamento do mercado. Para que se tenha uma ideia da complexidade, para se obter os dados de 2017 O CENP-Meios recebeu e processou 1292 arquivos que totalizaram 148.450 linhas com dados criptografados nas duas pontas das agências que compuseram o painel”, disse ele. Segundo explicou, a revisão visou corrigir erro de leitura decorrente da notação monetária americana – que utiliza ponto ao invés de vírgula antes dos centavos, fazendo com que o sistema CENP-Meios multiplicasse por 100 os dados enviados por duas das agências de publicidade participantes do painel em dois meses –  e também incorporar o chamado faturamento tardio, aquele que ocorre até vários meses depois da veiculação contratada.

Metodologia
O CENP-Meios é uma iniciativa do CENP a partir de informações fornecidas pelas agências de publicidade de maior receita, apresentando dados de investimento total por meio, participação de cada meio, por região e por período. O indicador cobre mais de 60% do investimento em mídia, estimados em relação ao Monitor Evolution da Kantar Ibope Media, e é uma iniciativa sem paralelo conhecido no mundo em precisão e segurança para medição do investimento publicitário.

O CENP-Meios consumiu até o momento cerca de R$ 1,2 milhão, originado em recursos próprios e com aprovação das entidades fundadoras do CENP – ABA, Abap, Abert, ABTA, Aner, ANJ, Central de Outdoor e Fenapro.

O estudo foi desenvolvido pela BST Soluções em Tecnologia, contou com a verificação da KPMG para análise de integridade e segurança do sistema e a contribuição das empresas de software AdSolutions, Microuniverso, Publi e VBS, que atendem às agências e desenvolveram sistema de comunicação criptografado e totalmente seguro.

Outras dados
- Dados de investimento publicitário em 2017 (total e separadamente por semestre) e 1º semestre de 2018
- As perguntas mais frequentes sobre o funcionamento do CENP-Meios
- As agências participantes de cada painel
- Os membros do CTCM, Comitê Técnico CENP-Meios, formado por representantes de agências, veículos e anunciantes
Para acessá-los clique aqui.