Cannes Lions divulga programação do "Cannes Live 2020"

15 de Junho de 2020

De 22 a 26 de junho será realizada a versão online do tradicional evento da propaganda mundial

O Cannes Lions divulgou as novidades da programação do Lions Live, que irá reunir a comunidade criativa global de 22 a 26 de junho de 2020 em evento on-line. 

De acordo com o Propmark, o projeto será transmitido a partir de um estúdio em Londres, apresentado pela jornalista e apresentadora da BBC, Tina Daheley, com uma semana de conteúdos ao vivo e sob demanda, e poderá ser visto gratuitamente.

Entre os conteúdos previstos, a Saatchi & Saatchi New Directors Showcase comemora 30 anos de talento de novos diretores e identifica alguns novos nomes; Wyclef Jean, músico e diretor de estratégia do Carnival World Music Group, analisa como o entretenimento e o marketing estão colaborando de novas maneiras; Scott Galloway, professor de marketing da NYU Stern & Founder, Section4, fornecerá uma visão provocativa sobre o futuro.

A recém-nomeada diretora de marketing e digital da Unilever, Conny Braams, fará seu primeiro discurso à comunidade criativa; o copresidente global da dentsu mcgarrybowen, Merlee Cruz-Jayme, abordará como a criatividade será crucial para as marcas que tentam se recuperar no novo normal; e Pully Chau, CEO do Grupo Cheil Worldwide, incluirá uma previsão sobre o futuro da criatividade em uma sessão do Future Gazers.

Alem disso, será apresentado o Lions Creativity Report da Década, compilado com dados exclusivos de trabalhos vencedores e pré-selecionados. Os vencedores serão anunciados ao longo da semana e o relatório será disponibilizado a todos.

Outra possibilidade é o acesso gratuito de uma semana ao “The Work”, plataforma de aprendizado e inteligência do Lions.

Os especialistas em eficácia de marketing James Hurman e Peter Field apresentam um novo estudo global. A estrutura “The Creative Effectiveness Ladder” foi projetada para criar uma definição universal e uma linguagem compartilhada de eficácia, além de ajudar os profissionais a usar a criatividade com mais eficiência, a partir da análise de quase 5 mil estudos de caso entre 2011 e 2019.

Notícias Relacionadas