BR 101 terá iluminação especial em Balneário Camboriú

08 de Maio de 2008

080508 Trecho iluminado será de seis quilômetros A passagem por Balneário Camboriú através da rodovia BR 101

08/05/08

Trecho iluminado será de seis quilômetros

A passagem por Balneário Camboriú através da rodovia BR 101 será mais segura. Um sistema de iluminação pública começa a ser instalado nos próximos dias através de um convênio firmado entre prefeitura de Balneário Camboriú e o Governo Federal com recursos de emenda ao orçamento do Ministério do Turismo do então senador, hoje vice-governador, Leonel Pavan.

A Representação de Desenvolvimento Urbano (Redur), órgão da Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal finaliza o processo de autorização da obra e deverá nos próximos dias oficializar a liberação dos recursos do Ministério do Turismo. Com a autorização oficial, o consórcio vencedor da concorrência pública, Sadenco-Quantum-Mercolux, já poderá iniciar as obras na rodovia. 

O custo total da instalação do Sistema de Iluminação na rodovia é de aproximadamente R$ 4 milhões, sendo que R$ 3.412.500,00 são provenientes de emenda ao orçamento de Leonel Pavan, mais a contrapartida da prefeitura de Balneário Camboriú no valor de R$ 682.500,00.

Iluminação Especial
De acordo com o contrato de licitação, o sistema de iluminação será instalado ao longo de um trecho de aproximadamente 6 quilômetros, iniciando próximo ao  motel Líbidus e prosseguindo até o início do "Morro do Boi". O projeto prevê a instalação de postes ao longo parte central da rodovia, bem como suas marginais e acessos à cidade Balneário Camboriú e Camboriú. Ao todo serão 280 postes de iluminação com altura livre de 10 a 13 metros, equipados com luminárias fechadas com lâmpadas de vapor sódio 250 e 400 wats mais 52 postes ornamentais com altura de 13,5 metros.

O sistema contempla ainda a troca de 168 luminárias já existentes e melhorias de rede de média tensão da Central Elétrica de Santa Catarina (Celesc). O recurso do Ministério do Turismo via emenda parlamentar já foram liberados, faltando apenas a autorização da Caixa para início das obras. A fiscalização e manutenção dos postes ficará a cargo da Cosip de Balneário Camboriú.