Bom Princípio Alimentos apresenta campanha de comemoração aos 25 anos de história

22 de Setembro de 2021

Ação valoriza a herança cultural da chimia, tradições, raízes e memórias afetivas

 

No ano de comemoração dos seus 25 anos de história, a Bom Princípio Alimentos, indústria gaúcha com sede em Tupandi (RS), anuncia ao mercado, os novos rótulos da Minha Chimia - com slogan "Todo o Prazer da Tradição Gaúcha na Sua Mesa”.

Marcelo Carvalho, Gerente de Marketing da Bom Princípio Alimentos destaca que, ”Esta ressignificação da “Minha Chimia”, combina elementos de posse, daquilo que é da nossa origem. E em outras palavras, do nosso patrimônio. E foi por esta nobre bagagem, cercada de muita pesquisa de comportamento do consumidor e seus significados, que resolvemos homenageá-la, com um novo design e conceito”.

A Minha Chimia chega para os consumidores com uma diversidade de sabores. Os novos rótulos têm o objetivo de destacar a herança cultural da Chimia, suas tradições, raízes e memórias afetivas. Destaque à bandeira do Rio Grande do Sul e a grande presença da fruta nos rótulos do doce cremoso, que além de Chimia, também é conhecido como Schmier. No lacre superior da Minha Chimia, consta o selo de 25 anos da Bom Princípio Alimentos - Sabor de quem Faz com Amor.

"Queremos mostrar como a Chimia se faz presente na mesa das famílias brasileiras, estimulando as memória afetivas. Estamos muito felizes com os resultados da Minha Chimia. Tudo feito com grande zelo e qualidade", adianta o presidente da empresa, Alexandre Ledur. A Bom Princípio Alimentos comemora a conquista da Certificação FSSC 22000, ferramenta baseada em padrões internacionais e certifica a gestão de segurança de alimentos de alto nível.

 

 

Estão sendo programadas, para serem realizadas, ao longo dos próximos meses. A amplitude das atividades, deve envolver diversos públicos no RS e em outros estados.

Entre as atividades previstas da campanha Minha Chimia - Todo o Prazer da Tradição Gaúcha na sua Mesa - estão 25 Embaixadores Sociais da Chimia no RS. Profissionais de diferentes nichos de mercado, que além de promover a chimia, selecionarão uma entidade social/beneficente da sua cidade e Estado, para receber uma doação de chimia, em seu nome e da indústria. As entregas e as respectivas quantidades de doações serão definidas, levando em consideração a necessidade da entidade, nª de pessoas atendidas e funcionalidades.
 

Notícias Relacionadas