Publicidade
Amanda Souza fala sobre padrões de beleza em ação de Dove
17 de Janeiro de 2023

Amanda Souza fala sobre padrões de beleza em ação de Dove

Consultora de imagem, de 36 anos, participou de um reality show que trouxe à tona o tema gordofobia

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

A convite de Dove, nesta terça-feira (17), a consultora de imagem Amanda Souza participa do podcast Pod Delas, apresentado pelas influenciadoras Tata Estaniecki e Bruna Unzueta. O episódio tem o objetivo de dialogar sobre padrões de beleza e também explicar os impactos de tais questões na autoestima e na autoconfiança das mulheres.

Amanda Souza, de 36 anos, participou de um reality show que trouxe à tona o tema gordofobia e o acontecimento viralizou em todas as redes sociais, figurando entre os assuntos mais comentados no início deste ano. A consultora de imagem contou que, com a repercussão da situação, Dove a procurou com a intenção de dar luz ao tema e ressaltar que todos os corpos merecem ser amados e celebrados.

Publicidade

“Tenho recebido milhares de mensagens com relatos de pessoas que passaram por situações semelhantes e isso mostra a necessidade que elas têm de serem ouvidas e representadas em diversas situações. Eu sei o tamanho da responsabilidade de inspirar estas mulheres. Corpos gordos podem e devem ocupar qualquer lugar. Meu trabalho há muitos anos é sobre a autoestima e amor-próprio independentemente do seu corpo”.

Paula Paiva, líder de Digital e Mídia de Dove, destaca que a marca foi pioneira em questionar padrões de beleza, em um trabalho que tem por objetivo permitir que mulheres e meninas tenham uma relação positiva com seus corpos e com sua aparência. “Nosso intuito com a ação é dar voz ao conhecimento e ao local de fala que Amanda tem e, assim, levar o questionamento dos padrões ainda hoje impostos a uma audiência amplificada. Desde 2004, quando lançou a primeira publicidade que trazia corpos reais para a TV, Dove atua para que a beleza seja uma fonte de confiança e não de ansiedade para todas as mulheres. E, para que isso aconteça, estimular conversas e gerar questionamentos e reflexões é primordial”.

 

Publicidade
Publicidade