Africa anuncia reestruturação e lança novo modelo com estruturas customizadas para cada marca

01 de Abril de 2019

Agência extingue áreas comuns e cria equipes dedicadas a segmentos lideradas por PMOs exclusivos

"Uma agência Africa para cada cliente". Essa é a novidade revelada por Marcio Santoro, copresidente e CEO da Africa, para 2019. 

Com núcleos segmentados e com atuação centrada em performance e dados, as Africas atuarão de acordo com as necessidades de cada marca. São seis as novas Africas: Africa Sports Bar and Beer, Africa Finance, Africa Tec, Africa Foods, Africa Comportamento e Africa Corporate e Varejo. O ponto central é ter times afinados às demandas e ao perfil da conta e do respectivo segmento. Cada unidade tem um conhecimento profundo do mercado, e exclusividade das pessoas que estão trabalhando em análise de dados e criação, e um Project Management Office exclusivo.

A agência, criada em 2002 e que iniciou seus trabalhos num modelo único no mercado publicitário - atuando num formato similar ao de uma consultoria e integrando em sua estrutura uma sala específica para cada marca atendida - hoje está posicionada em 3º lugar no ranking de maiores agências segundo o Ibope Monitor - e inova uma vez mais ao disponibilizar para cada cliente um atendimento único.

“Quando a Africa foi criada, não tínhamos ideia de que seríamos tão grandes. Nossa intenção sempre foi ter um trabalho customizado e para poucas marcas, mas fomos evoluindo e conquistando mais espaço dentro dos nossos próprios clientes, o que nos fez chegar a essa posição de hoje”, conta Sergio Gordilho, copresidente e CCO da Africa. 

Já no cenário criativo, a Africa se destacou como a melhor representante latina no festival Cannes Lions 2018 (com 1 Grand Prix, 2 leões de ouro, 7 de prata e 4 de bronze) e também ocupou a 8ª posição como a mais premiada do mundo. Além disso, o projeto “MyGameMyName”, feito em parceria com a Vivo, trouxe o primeiro leão de prata para o Brasil em Glass Lions, a mais alta premiação nesta categoria que o país já recebeu. A agência ainda foi a melhor brasileira no El Ojo (com 3 Gran Ojos, 18 Ouros, 18 Pratas e 11 Bronzes).

De olho no novo

Para valorizar a busca e interpretação de dados que já vem sendo amplamente utilizada nas estratégias das marcas, a agência anuncia a chegada de Filipe Botton como Diretor  de Conteúdo, especialista em creative data. A agência também fortalece a Africa Projetos Especiais, liderada por Monique Lima, com crescimento orgânico do núcleo em 100%, investindo num segmento que traz projetos com propósitos e causas, que buscam soluções efetivas por meio de mapeamento de informações e plataformas inovadoras, com Inteligência Artificial e algoritmos.