16 de Janeiro de 2006

040106 A União Européia (EU) lançou seu primeiro satélite denavegação Galileo, parte de um programa que dev

04-01-06 - A União Européia (EU) lançou seu primeiro satélite de navegação Galileo, parte de um programa que deve concorrer com o Sistema de Posicionamento Global (GPS), criado pelos Estados Unidos.

A agência espacial Roskosmos, da Rússia, disse que o satélite de 600 quilos atingiu sua órbita, a 23 mil quilômetros de altura, depois de ter sido lançado por um foguete Soyuz a partir da base de Baikonur (Cazaquistão). "A partir de agora, dirigir o satélite cabe ao cliente que encomendou o serviço, a Agência Espacial Européia", afirmou um porta-voz da Roskosmos.

O programa Galileo, orçado em 3,6 bilhões de euros e que deve entrar em serviço em 2008, prevê a utilização de 30 satélites e pode colocar fim à dependência européia do GPS, oferecendo uma alternativa comercial ao sistema de posicionamento controlado pelos militares norte-americanos. Atualmente, o GPS é o único sistema mundial do tipo.

Dados mais precisos

Segundo alguns especialistas, os dados fornecidos pelo GPS aos civis são menos precisos que os fornecidos aos militares ou aos serviços de inteligência norte-americanos. Autoridades da União Européia (UE) disseram que o Galileo, organizado como uma parceria entre os setores público e privado, oferecerá dados mais precisos de posicionamento. Reservadamente, acrescentam que o sistema nunca seria desligado por motivos estratégicos, como pode acontecer com o GPS.

Projeto europeu ambicioso

O lançamento marca o primeiro passo da Europa em seu mais ambicioso projeto espacial, envolvendo empresas como a gigantesca EADS, as francesas Thales e Alcatel, a britânica Inmarsat, a italiana Finmeccanica e as espanholas AENA e Hispasat.

O satélite Giove-A (Galileo In-Orbit Validation Element) vai testar importantes tecnologias novas como relógios atômicos a bordo, geradores de sinais e receptores de usuários. O segundo, Giove-B, será lançado no próximo ano.

Fonte: Reuters

Edição: Intermanagers