O que eu vi no Gramado Summit 2021

11 de Maio de 2021

O perigo do engajamento no Instagram em 2021 | Estratégias que podem triplicar a sua conversão no Google Ads

 
O empresário Leonardo Ghidini esteve em Gramado na semana passada vivenciando os 3 dias do evento e preparou três post sobre o que presenciou. Hoje estamos publicando a parte 1. Amanhã, dia 12 e na 5ª feira, dia 13, publicaremos os outros 2 posts. Boa leitura!

 

Prezados amigos do Acontecendo Aqui
Na última semana tive a oportunidade de participar do Gramado Summit 2021, um dos maiores eventos de empreendedorismo e inovação do Brasil. Este ano, em razão da piora nos números da pandemia em março, o Summit, que esteve seriamente ameaçado de não acontecer, acabou sendo adiado para este mês de maio.

Logicamente que, se estivéssemos em uma situação de normalidade existencial, o número de participantes teria sido BEM maior, mesmo assim, segundo os organizadores, mais de 1700 pessoas prestigiaram a retomada dos eventos presenciais no Brasil nos dias 3 dias do evento.

Havia 3 palcos de conteúdos simultâneos: “Minas de Conteúdo”, voltado exclusivamente ao público feminino; “Gates” (em referência ao fundador da Microsoft) que era o maior e principal palco de palestras e o “Jobs” (em referência ao gênio da Apple) focado em Marketing e Comunicação. Foi neste último que dediquei praticamente todo meu tempo.

No total, foram mais de 100 palestrantes dividindo conhecimento e experiências com o público. Ao longo desta semana, irei dividir com vocês o conteúdo das 3 palestras mais impactantes de cada dia do evento.

 

Dia 1 – 05/05

Fernando Vaz (@instadovaz) – O perigo do engajamento no Instagram em 2021
Fernando é um “Social Mentor”, já tendo ministrado cursos para mais de 6 mil alunos e fundador da primeira escola de marketing no Instagram. Em sua palestra, ele abordou que o real engajamento está no interesse das pessoas no seu produto/serviço e não nas métricas de audiência.

Segundo ele “qualidade é melhor que quantidade” nos dias de hoje e que o seu Instagram precisa ser uma conversa, como se fosse você mesmo conversando com o seu cliente numa loja física.

Cada comentário no seu feed é um cliente impactado pelo seu conteúdo, por isso ele sugere postar sobre assuntos relacionados aos interesses do seu público e não apenas a rotina de produto e oferta. Por fim, ele ressalta que a perda de seguidores nada mais é que pessoas que não tinham interesse no seu produto.

Adriano Gianini (@adrianogianini) – Estratégias que podem triplicar a sua conversão no Google Ads
Adriano é consultor e um dos maiores produtores de conteúdo sobre Google Ads no Brasil. Ele começou sua apresentação com a seguinte afirmação: “O que cresce natural é planta”, ou seja, se você quer crescer no Google tem que investir!

Para elucidar seu discurso, ele transformou seu orçamento de Google em fichas. Estas fichas, viram cliques e quanto mais palavras você estiver investindo, mais diluído será o seu orçamento. Por isso, se você tem um valor limitado para investir, ele defende a ideia de concentrar todas fichas em uma única palavra chave por grupo de anúncios (estratégia denominada SKAG).

Além disso, ele destacou outros 2 pontos relevantes para o sucesso de uma estratégia de Google Ads, compondo assim o que ele chama de “Tríade de Ouro”: anúncio específico com a palavra chave no título e uma página específica no site para direcionamento dos cliques. Segundo Adriano, o resultado será IQ Alto, melhores posições no ranking e mais cliques.

No encerramento, ele sugeriu que todo mundo desenvolvesse um documento fundamental para o seu negócio: 10 dores e 10 desejos da tua persona. Ele deu um pequeno exemplo: a gente compra seguro do carro por proteção (desejo) mas é movido pelo medo de ter o carro roubado (dor).

Dener Lippert (@denerlippert) – O Cientista do Marketing Digital
Dener é fundador e CEO da V4 Company (@v4company). Neste ano, lançou seu primeiro livro autoral: O Cientista de Marketing Digital, tema de sua palestra, e que foi o livro mais vendido do Brasil na primeira semana de maio.

Ele abriu sua palestra com o seguinte pensamento de Sérgio Zymer, ex-Diretor de Marketing da Coca Cola “Marketing só e efetivo quando consegue vender tudo que a empresa tem capacidade de produzir” para enfatizar que Marketing = Vendas.

Dener prega muito que as empresas trabalhem com análise preditiva de resultados baseada em dados ao invés de desejos ou sonhos. Foi assim que ele fez a V4 crescer acima de 3 dígitos nos últimos anos, com foco nas 3 principais variáveis de receita e seus respectivos indicadores de performance: Clientes Novos (CAC), Clientes Recorrentes (LTV) e Clientes Perdidos (CHURN).

Uma ênfase forte que Dener deu na apresentação foi sobre a importância do investimento em Marketing mesmo nos tempos mais difíceis, como durante a pandemia, período em que mais investiu segundo ele próprio. Para exemplificar, citou o Google, que investe 10% da sua receita em marketing.  Além disso, reforçou a importância de se atuar em todos os níveis do Funil de Vendas, pois não necessariamente seu problema seja o volume de leads e sim alguma ineficiência no processo ao longo da jornada do cliente.

Em relação as estratégias digitais, destacou o WhatsApp como sendo o novo fenômeno do varejo e trouxe um case da V4 sobre a Rede de Lojas Lebs do RS, que não tem competitividade para competir na internet e usou da ferramenta para campanhas de vendas direcionadas às lojas físicas (lembrou que apenas 5% das vendas do Varejo no Brasil são através de e-commerce).


Leonardo Ghidini

Administrador de Empresas com especialização em Marketing pela UFRGS. Pós Graduado em Gestão Empresarial pelo IBGEN. Foi Gestor de Marketing e Vendas do Grupo Dimas e Gerente de Marketing e Planejamento Comercial da NSC Comunicação. Atualmente, é Consultor de Empresas e Advisor das Startups BiiA Automação e Human Care Brasil.
Contatos: @lghidini - leonardo@hlghidini.com.br - www.hlghidini.com.br - (48) 98812-3373

Notícias Relacionadas