Publicidade
O comportamento dos consumidores nas mídias sociais
14 de Março de 2023

O comportamento dos consumidores nas mídias sociais

Qual o impacto nas agências de publicidade?

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

O espaço que as redes sociais conquistaram na vida das pessoas e no mercado de consumo é tão grande que parece até não ter havido um tempo recente sem elas. Segundo o Relatório de Tendências de Consumo para 2023 da HubSpot, 36% dos consumidores, com idade entre 18 e 24 anos, usam as mídias sociais com mais frequência do que os mecanismos de busca para pesquisar por marcas. Entre 25 a 34 e 35 a 54, a porcentagem é 22% e 21%, respectivamente.

O mesmo relatório aponta que 33% das buscas nas mídias sociais são para encontrar marcas. Dados como esses demonstram como as redes sociais são importantes ferramentas de propaganda e por que esses novos meios de comunicar também levaram à criação de departamentos em empresas de comunicação e de profissões como a do social media – responsável por gerí-las quando utilizadas para fins comerciais.

Publicidade

As redes sociais são vitrines vistas todos os dias por milhões de pessoas. Atenta a isso, a publicidade começou a incorporar esses meios às suas estratégias de divulgação das marcas, investindo inclusive na profissionalização dessa tarefa.

Juliano Tejada, Diretor de Criação e Conteúdo da agência de publicidade Seven Comunicação Total comenta que, “Nós acompanhamos a evolução das formas que as pessoas buscam informação, para levar a mensagem do nosso cliente até onde está o cliente dele. Se as mídias sociais são um espaço interessante para a marca, buscamos explorá-las da melhor forma possível e para isso é preciso ter pessoas especializadas dentro da agência. É importante entender, no entanto, que as redes sociais exigem mais do que um social media – da estratégia à execução, existem várias etapas que são realizadas por profissionais com diferentes skills, o que faz da área de conteúdo um departamento completo”.

Na Seven, a comunicação digital envolve vários profissionais, empenhados em fazer com que as campanhas atinjam o público-alvo também no ambiente on-line e as marcas possam ampliar seu espaço. O departamento cuida de todos os processos, incluindo relacionamento com influencers, curadoria de conteúdo, estratégia, uso de dados para otimização dos resultados, monitoramento e validação de novas ações.

Para a social media da agência, Nathalia Alves, as marcas precisam conversar com o público através do conteúdo, de forma a manterem-se relevantes para os seguidores e clientes. E para proporcionar essa conversa, ela está sempre atenta ao que acontece na internet e fora dela, com o objetivo de inserir o cliente no assunto, sempre que fizer sentido.

“As pessoas têm a ideia de que ser social media é só ficar nas redes sociais. Isso não é de todo errado, porque sim, nós ficamos atentos a tudo que está em alta no mundo on-line e fora dele, para saber o que o público quer ver naquele momento e como usar isso a favor dos nossos clientes. Mas não é algo tão simples, o trabalho envolve toda uma estratégia, que depende de análise, experimentação e mensuração de resultados, inclusive com o uso de ferramentas que auxiliam na automação desses processos”, comenta Nathalia.

Com as mídias sociais cada vez mais presentes e influenciando a vida das pessoas é esperado que a comunicação para fins comerciais na internet tenda só a aumentar. Com isso, também o espaço para profissionais dessa área, que possam oferecer qualidade na entrega dos serviços.

Publicidade
Publicidade