Liderança de marketing e comunicação 4.0, por Valdirene Teixeira

07 de Março de 2019

Em termos de mudança de dinâmica de trabalho, a área de marketing foi a que sofreu o impacto do uso da tecnologia mais intensamente

Pensar estrategicamente e atuar como líder em tempos de revolução industrial não é nada fácil. Sincronizar pessoas das gerações X, Y e Z em uma mesma equipe, também é um desafio dos grandes. Fazer com que outros líderes entendam que campanhas de marketing são formadas por ações on line e off line, e que retornos satisfatórios só serão alcançados se as duas forem utilizadas, leva tempo e exige muita conversa. Aliado a isso tudo, ter foco em resultados e negociar com os pares, torna o dia a dia da liderança em marketing e comunicação bem complexo.

 

Em termos de mudança de dinâmica de trabalho, a área de marketing foi a que sofreu o impacto do uso da tecnologia mais intensamente. Hoje, não há como pensar marketing sem tecnologia, e vice-versa. O marketing precisa dos algoritmos e a tecnologia precisa da criatividade. O líder de marketing precisa entender e gostar de tecnologia, do contrário, está aquém do que o mercado exige. Só para ficar mais claro, entender e gostar aqui não se refere a usar o smartphone para ler e-mails. O babado vai além.

 

Tornar-se um profissional digital não é fácil, porque o que conta não são somente os conhecimentos em tecnologia, mas também os comportamentos na era digital. Habilidade técnica é o mais fácil de se desenvolver, o que pega mesmo é desenvolver comportamento. Aprender a desaprender, coerência entre o que se fala e o que se faz, desafiar com propósito e não exercer uma liderança de oportunidade, são características de um líder 4.0.

 

Um dos livros mais lidos sobre esse tema, o Gestão do Amanhã, traz na página 242, um comparativo bem interessante sobre o pensamento linear da liderança em contraposição ao pensamento exponencial. Três características descritas nesse comparativo, merecem uma atenção especial por parte dos líderes de marketing: pense bold, o líder como entendedor da Lei de Moore, plataformas e novas tecnologia, e foco no cliente, cliente, cliente...

 

É fato que o nível de exigência para com o desempenho e a produtividade desses profissionais é alto, e geralmente, os incentivos e o reconhecimento por parte das empresas, não seguem a mesma linha. Para continuarem oxigenados e dentro da “loucura” dessa área, os cuidados com a vida pessoal e a saúde são essenciais. Prática de esportes, meditação, terapias, alimentação saudável, fazem parte da rotina de cuidados desses profissionais.

 

Para fechar o perfil do líder de marketing 4.0, é relevante salientar a importância desse profissional se abster de qualquer tipo de preconceito e racismo. O marketing é feito de pessoas para as pessoas, independente do seu gênero, credo, posicionamento político ou filosófico, time de futebol, e por aí, vai. Quanto mais manter sua mente fechada ao novo, menos oportunidades de crescimento e desenvolvimento, o líder terá. O cérebro precisa de estímulos diferentes para criar e cada vez que acionamos um modelo mental já estabelecido, deixamos de abrir novas gavetas de aprendizado.

 

O mundo muda a cada momento, as pessoas mudam seus hábitos numa velocidade espantosa, e enquanto líderes precisamos inspirar nossas equipes e as pessoas à nossa volta, para o novo, para o diferente. E na minha opinião, esse é o grande propósito de trabalhar com marketing e comunicação. É difícil, mas é bom, né? ;) <3

 


*Valdirene Teixeira atua há dezoito anos na área de marketing e comunicação, com funções de docência, coordenação e direção.
  Atualmente, é Diretora de marketing e comunicação do Senac/SC e Vice-Presidente de Relações Internacionais na ADVB/SC. Formada em Ciências Econômicas e em Visual Merchandising, possui MBA em Gestão Estratégica Corporativa, pós-graduação em Competitividade e Estratégias Empresariais e em Gestão Educacional. Escreve sobre liderança e marketing, tendo publicado artigos em jornais impressos e on line. Acesse o Linkedin para conhecer um pouco mais do seu trabalho: https://www.linkedin.com/in/valdirene-teixeira/
 

 

 

 

Notícias Relacionadas