Inspirar-se em cases de sucesso pode tornar seu negócio bilionário

22 de Setembro de 2021

Ter um negócio bilionário parece uma realidade cada vez mais próxima. Afinal o número de pessoas que fazem parte desse grupo está aumentando.

 

Montar uma empresa e conseguir que ela prospere já é uma grande vitória, mas é claro que os empreendedores não pretendem parar nesse ponto. 

Todos querem ver um negócio bilionário surgir por conta de uma ideia que será aceita em todo o mundo. É claro que isso é para poucos.

Quando se fala em negócio milionário, a realidade parece mais próxima. Nesse caso temos muitos exemplos como do Alberto Saraiva (Habib’s), Howard Schultz (Starbucks), Jan Koum (WhatsApp), J. K. Rowling (Harry Potter) entre outros.

Entretanto, nos últimos anos, o número de bilionários vem aumentando em todo o mundo. A China tem se destacado nesse cenário. 

Em 2021, conforme pesquisa divulgada pela Betway, 42% dos bilionários do mundo foram chineses. O país está quase alcançando os Estados Unidos, antes visto como o grande potencial de bilionários.
 

Cases de sucesso
Jeff Bezos é conhecido por ser fundador da Amazon, a maior empresa de comércio eletrônico dos Estados Unidos. Ele começou vendendo livros e foi expandindo o seu negócio com novos produtos e serviços. 

Atualmente, além da Amazon, possui um serviço de nuvem, uma empresa aeroespacial e muitos outros investimentos. 

Elon Musk é um bilionário que dispensa apresentações, ele é fundador das empresas Tesla Motors, SpaceX, Neuralink, SolarCity, entre outras. Começou a empreender cedo, com apenas 11 anos quando criou seu primeiro jogo de videogame.

Com muitos negócios, Musk é conhecido pelas ideias ousadas e investimentos que são da área de tecnologia e que visam salvar a humanidade da extinção. 

Sergey Brin é russo e co-fundador do Google. Ele começou a desenvolver seu empreendimento conhecido no mundo todo quando estava em Stanford e conheceu Larry Page.

Atualmente, além de ter um dos buscadores mais usados e conhecidos no mundo, possui títulos como do maior inovador do mundo e continua atuando com outros empreendimentos. 

Outra área que tem se tornado o negócio bilionário é a dos cassinos. Steve Wynn juntou sua fortuna com cassinos em Las Vegas, hotéis e no segmento de entretenimento. 

Sua veia empreendedora nesse ramo veio do pai, que tinha um bingo quando criança. Posteriormente sua família comprou uma pequena participação em um cassino e desde então ele fez sua fortuna crescer. 

Warren Buffett é um dos nomes mais conhecidos mundialmente no mercado de investimentos globais, conforme mostra a pesquisa da Betway também. Ele é o principal acionista da Berkshire Hathaway, empresa que detém a participação de grandes empresas mundiais. 

Começou a empreender aos 11 anos, investindo na bolsa. Durante toda a sua adolescência investiu em pequenos negócios até que criou a sua maior empresa com apenas US$ 100 do próprio bolso e não parou mais de crescer. 

 

Por que inspirar seu negócio bilionário em outro?

Estudos de outro negócio bilionário servem como fonte de inspiração para qualquer empreendedor. Boa parte das pessoas mais ricas do mundo começaram do zero, sem ter muitos recursos, apenas uma ideia boa.

Entender a forma como eles pensam e trabalham pode ajudar na elaboração de um negócio que tende a crescer e dar certo. Junto a isso é preciso conhecer o mercado e suas tendências.

O que se percebe é que a maioria dos negócios bilionários estão relacionados a área de tecnologia ou possuem alguma relação com ela. Entre eles estão sites de venda, buscadores, serviços de pagamento e empresas de tecnologia limpa.

Isso não significa que em outros campos não seja possível ter sucesso. Pelo contrário, quando se pensa em um negócio potencial e se tem uma visão do futuro, a tendência é se tornar um milionário e talvez até um bilionário.

Qualquer pessoa pode ter um negócio bilionário, mas isso exige investimento, dedicação e uma boa ideia. Não se pode copiar para chegar a esse resultado, é preciso ousar e criar algo diferente. 

Notícias Relacionadas