Facebook pretende cobrar por conteúdo de grupos

21 de Junho de 2018

Em comunicado, a plataforma anunciou que auxiliará os publicadores da rede social, de modo que quem administra alguma página da ferramenta, poderá cobrar por assinaturas mensais de conteúdos internos. O projeto ainda está em fase de testes, disponível apenas para alguns administradores similares.

Para o Facebook, o recurso dará mais liberdade aos criadores, com ferramentas internas exclusivas. A ideia é tornar o controle sobre a monetização do conteúdo mais prática e simples. Em vez do administrador ter vários grupos, eles poderão, caso seja implantado, concentrar esse empenho de maneira única. Tudo pode acontecer dentro da plataforma sem necessidade de utilizar serviços de sites externos.

De acordo com informações do site Newsroom, os administradores poderão cobrar de US$ 4,99 a US$ 29,99 as subscrições. Para os usuários, as inscrições podem ser feitas e canceladas assim que desejarem. O Facebook não utilizará desse valor para manutenção interna de suas operações.