Fábrica de bebidas lança novo refrigerante comercializado exclusivamente em Santa Catarina

14 de Julho de 2020

E ainda em julho chega ao mercado outro lançamento da marca: a MiniFruki Guaraná

Há quatro anos em solo catarinense e atenta ao comportamento do consumidor local, a Bebidas Fruki lançou o Laranjinha, primeiro refrigerante desenvolvido especialmente para o consumidor de Santa Catarina. A bebida chega ao mercado na versão PET 2 litros, na segunda quinzena deste mês. E só vai circular aqui no Estado.

A Fruki tem experiência, tecnologia e conhecimento para transformar o novo refrigerante em um case de sucesso. Em 1949, lançou um produto similar no Rio Grande do Sul que, segundo o escritor Marcos Fernando Kirst, “marcaria época e faria história”. Anos após o término de sua produção, a empresa usa a experiência acumulada para relançar o produto.

A presidente da Fruki, Aline Eggers Bagatini, afirma que valorizar a cultura local é essencial para a empresa. “Sempre que migramos para outras cidades, estudamos a realidade e comportamento do consumidor. Este lançamento é um reflexo desse movimento. Atendemos uma demanda do nosso consumidor catarinense”.

Em fevereiro deste ano, a Fruki fez pesquisas em todas as regiões de Santa Catarina. Ofereceu amostras do novo refrigerante para diversos parceiros, que já comercializam outros produtos da empresa. A resposta foi muito positiva, o que levou à concretização do projeto. De acordo com o gerente regional de vendas Fernando Schneiders, a Laranjinha da Fruki renasce em Santa Catarina e vem para agregar. “Com este novo produto no mercado catarinense, o objetivo é atender ainda melhor o público no estado e aumentar o nosso portfólio, já bem completo”, explica.

 

MINIFRUKI GUARANÁ

A outra novidade deste mês é o lançamento da MiniFruki Guaraná.  Com a mesma fórmula desde a década de 1970, a Fruki Guaraná chega ao mercado com uma embalagem de 200 ml, criada para atender as necessidades dos consumidores que preferem um produto menor e ideal para o consumo rápido.

“Estamos sempre atentos às tendências do mercado e as necessidades do consumidor. Por isso, desenvolvemos essa nova embalagem. Queremos sentir com todas as pessoas as grandes emoções que esta dose de sabor pode oferecer”, ressalta a presidente da Fruki.

De acordo com a pesquisa Nielsen, a tendência do mercado é uma procura crescente das  pequenas porções. Refrigerantes em embalagens individuais (até 999ml) representam, aproximadamente, 16% do total da categoria, na visão transação/unidades. Ou seja, a cada 100 unidades vendidas, 16 são embalagens de uso individual. A gerente de vendas Blumenau da Fruki, Marisa Menegás, estima que a demanda por esse novo produto será mais forte nos locais onde as pessoas fazem o consumo imediato do refrigerante: bares, restaurantes e lojas de conveniências.

Notícias Relacionadas