ARTIGO | Quais são os novos hábitos de consumo que permanecerão mesmo após a quarentena?

03 de Junho de 2020

Quais mudanças de hábitos você já notou em sua rotina?

por Amanda Barbosa*

 

A pandemia mundial causada pelo novo coronavírus tem feito com que as pessoas precisem criar novos comportamentos e hábitos. Em um momento em que o estresse financeiro e a insegurança em relação à saúde são grandes, novos hábitos são adotados pelos cidadãos.

Seja em relação a trabalho, compras, higiene, educação, saúde, culinária, muitas são as formas que as pessoas têm se reinventado e encontrado durante o isolamento social e seus tempos no novo cenário.

Mesmo com a incerteza de quando o mundo voltará em suas atividades e quando será o fim da quarentena, já sabemos que muitos hábitos adquiridos nesse período permanecerão com os consumidores. Confira alguns desse comportamentos que devem ser vistos mesmo pós Covid-19
 

Compras online
Em estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, a SBVC, mostra que os brasileiros aumentaram suas compras online e devem continuar esse hábito após pandemia. Segundo a pesquisa, 61% dos brasileiros compraram online durante a quarentena e aumentaram seu volume de compras devido ao isolamento social, com destaque para compras de alimentos e bebidas.

Se antes da crise as compras online já cresciam e eram cada vez mais presente na vida dos consumidores, agora essa tendência vem para ficar.

Comprar online dá mais segurança e comodidade para as pessoas e, mesmo que em alguns setores ainda houvesse ressalvas para compras, a falta de lojas abertas e a necessidade de itens faz com que as lojas repensem seus modos de vendas e atraiam os consumidores para o mundo online.

 

Meio de pagamento digital
Evidente que com o aumento de compras online, aumenta também a forma de pagamento por meio digitais. Mas além do universo virtual, cresce o uso de meios de pagamento digitais em estabelecimentos, como QR Code, aproximação, cartões e carteiras digitais.

Por o consumidor estar mais conectado e mais atento ao contato, formas de contaminação e segurança, o dinheiro fica cada vez mais deixado de lado e as soluções digitais de pagamento tendem a crescer ainda mais após a pandemia.

 

Incentivo ao comércio local
Durante a pandemia surgem diversas ações incentivando a compra do pequeno negócio ou do comércio local. Pensando em fomentar a economia do bairro e dos pequenos empreendedores, as pessoas passam a dar mais atenção para vendedores foras das grandes redes.

Esse senso de comunidade aparece também em compras mais conscientes, em que as pessoas passam a comprar o que precisam e não pensando em estocar desnecessariamente.

O consumo de acordo com o coletivo é muito importante de ser preservado em momentos de crise e para que ele se mantenha é essencial que estabelecimentos criem ações de regras para quantidades de compras para evitar grandes compras de produtos em promoção ou essenciais.

 

Alimentação mais saudável
Durante a quarentena, mesmo em casa, as pessoas pensam em cuidar das suas saúdes para aumentar a imunidade e se proteger do vírus. Dessa forma, além de exercícios caseiros, aumenta-se a compra de alimentos saudáveis, frescos e nutritivos.

Ao criar hábitos saudáveis durante esse período, dificilmente as pessoas o abandonam no futuro, afinal, cuidar da saúde é essencial em qualquer momento.

 

Faça você mesmo ganha espaço
Com a necessidade de economia e redução nos gastos, as pessoas passam a refletir mais sobre suas compras e reais necessidades, deixando de lado compras supérfluas e desnecessárias para o momento.

Além disso, com mais tempo livre dentro de suas casas, muitas pessoas começam a aprender novas habilidades ou reacendem dons que estavam esquecidos graças às rotinas. Dessa forma, o faça você mesmo, o famoso DIY, do it yourself, ganha espaço e as pessoas tendem a fazer mais suas próprias coisas.

Seja costurar, cozinhar, fazer artesanatos ou qualquer que seja a habilidade desenvolvida, mesmo pós pandemia as pessoas darão prioridade para seus momentos ao invés de recorrer às compras em primeiro momento.

 

Reconfiguração dos espaços
A pandemia dá novas noções de higiene e segurança em relação a espaços, pessoas e aglomerações. Por isso, muitos lugares precisarão se estruturar e reconfigurar suas formas de receber compradores, estimulando a sensação de segurança e limpeza.

Mesmo com o fim da quarentena, as pessoas ainda serão cautelosas e com mais receio em relação aos lugares que frequentam, por isso, a preocupação dos lojistas e empreendedores será fundamental nessa fase.

A pandemia fez com que muitos hábitos fossem repensados pelos consumidores e é importante que hábitos positivos sejam mantidos mesmo com o fim da crise. Quais mudanças de hábitos você já notou em sua rotina? Aproveite esse tempo para repensar e considerar o que quer levar pós Covid-19!

 

*Amanda Barbosa é técnica em Nutrição e jornalista formada pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), com experiência acadêmica internacional, na Universidade da Beira Interior, em Covilhã, Portugal. Além disso, atuou com assessoria de imprensa, comunicação interna e externa, eventos e marketing digital.

Notícias Relacionadas