ARTIGO | Jornalista não rasga diploma ao atuar com Marketing Digital, por Almir Rizzatto

05 de Julho de 2018

O autor deste artigo é jornalista, fundador da agência RZT Comunicação e especialista em Marketing Digital. É também consultor e instrutor de cursos. Faz parte do Comitê de Marketing de Conteúdo da ABRADI-SP. O editor do AcontecendoAqui considerou útil para parte de seu público o compatilhamento deste conteúdo, pois há uma boa quantidade de jornalistas em Santa Catarina atendendo demandas para o marketing digital. Almir Rizzatto, gentilmente, autorizou o compartilhamento. Boa leitura!

"Se você é jornalista, imagino que tenha paixão pela profissão. Talvez até esteja um pouco descrente, mas não se vê fazendo outra coisa. Se a desilusão está ligada ao tão falado Marketing Digital, para onde estão migrando vários colegas, este meu artigo será um alento a você.

Para trabalhar na área digital, mesmo com Marketing, você não vai rasgar seu diploma. Não deixará de ser jornalista. Ter essa visão é um enorme erro – e muitos chegam aos meus cursos com tal percepção. Até por uma questão de sobrevida da nossa profissão, precisamos nos despir de alguns preconceitos. E lembrar que, antes de jornalistas, somos comunicadores.

Hoje, inclusive, o mercado valoriza e cobiça profissionais com nossa habilidades. Você sabe o por quê desta valorização? Porque o conteúdo é a grande ferramenta do digital. E quem melhor que nós, jornalistas, para produzir textos e vídeos, por exemplo?

Outro ponto a nosso favor é que o público não aguenta mais conteúdo raso, sem qualidade. Cada vez mais se faz necessário um conteúdo relevante, de atração, até para se destacar e ganhar autoridade num mercado altamente competitivo e com soluções, normalmente, “comoditizadas”.

Jornalista, entenda o que envolve Marketing de Conteúdo
Quando falamos em Marketing de Conteúdo, não nos limitamos ao foco mais comercial, de vendas. Obviamente que este tipo de material também é produzido em larga escala e é necessário.

Mas há também o conteúdo para educar, informar, agregar valor, prestar serviço. Imagino que você, jornalista, agora se identificou muito com isso. Sem conteúdo nessa linha, dificilmente uma marca consegue construir autoridade.

A boa notícia é que as empresas estão percebendo que só conteúdo comercial não basta. Não se pode apenas falar da marca em si. É preciso dizer o que é importante e, principalmente, o que as pessoas estão interessadas em ouvir.

Veja que definição precisa do Content Marketing Institute: “Marketing de conteúdo é uma técnica que cria e distribui conteúdo de valor, relevante e consistente, para atrair e engajar uma audiência claramente definida, com o objetivo de encaminhar o cliente a tomar alguma ação que gere lucro”.

Jornalista só precisa incorporar novas habilidades
Obviamente que, para atuar com Marketing Digital, o jornalista precisa se capacitar. É necessário entender os conceitos de Marketing, aprender técnicas e descobrir ferramentas necessárias para o dia a dia. Assim, unindo sua bagagem no Jornalismo com conhecimentos nesta nova área, muitas portas tendem a se abrir.

Hoje o mercado valoriza os especialistas. Lute para se tornar um. Não se iluda achando que só porque você “mexe” no Facebook e no Instagram já está apto a gerenciar redes sociais. Assim, seu trabalho será apenas intuitivo, sem base. E com grandes chances de não gerar resultados.

Capacite-se! Não há mais espaço para amadores."

Almir Rizzatto - RZT Comunicação
almir@almirrizzatto.com.br
www.almirrizzatto.com.br