Publicidade
Agência MarketingChef compatilha sua visão sobre “como vender mais pós pandemia”
03 de Dezembro de 2021

Agência MarketingChef compatilha sua visão sobre “como vender mais pós pandemia”

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

 

 

O delivery foi um dos métodos mais importantes para bares e restaurantes durante a pandemia e acabou se tornando fundamental para a sobrevivência destes estabelecimentos. E não há dúvidas, a  tendência é que essa nova prática continue fazendo parte da vida dos consumidores e dos empreendedores. 

Mas, agora os olhares também estão voltados para o ambiente físico, para a volta dos clientes no salão. No entanto, essa retomada exige uma gestão mais assertiva, além de cuidados e preocupação com a saúde dos funcionários e clientes. “Estamos em um período marcado por estratégias, pelo olhar atento dos gestores  tanto no offline, como no online. Não dá para negar que novos hábitos do consumo foram implantados, por isso, o empreendedor que souber abraçar a inovação do setor A&B terá sucesso”, afirma Paulo Mezzalira co-fundador da MarketingChef. 

Para que essa volta tenha bons resultados, Mezzalira elencou pontos importantes que o pequenos e médios empreendedores do setor gastronômico não podem deixar de lado.  Confira o que diz o especialista em marketing.

 

Identidade visual pós pandemia

Muitos empreendedores acreditam que a identidade visual de uma marca se resume a um logotipo, mas não é só isso. Uma identidade visual consiste em padronizar a comunicação em todos os materiais visuais, como cardápio, flyer, post para as redes sociais, display de mesa e todas as infinitas possibilidades. “A importância da identidade visual está em sempre se comunicar com o seu público de forma única, sem gerar nele uma confusão e desconfiança de mudança de comportamento da marca. É interessante, priorizar não somente um bom cardápio, como também uma boa comunicação visual e neste momento, deixar claro quais os cuidados que o estabelecimento está tendo” – garante. 

 

Desenvolvimento do seu negócio

O co-fundador da MarketingChef revela também que muitos empreendedores acabam deixando de usar as ferramentas disponíveis para alavancar vendas e fidelizar clientes. “Alguns não fazem isso por falta de preparo, de conhecimento ou por acreditar que não precisam. Mas garanto que muitas dessas ferramentas farão total diferença nesse período pós pandemia”. 

O uso do CRM dentro do restaurante é muito importante. Pois através dele é possível colocar em prática a estratégia de relacionamento com o cliente através do envio de e-mail marketing ou notificações por sms (desde que respeitando a LGPD).  A partir disso, é possível segmentar a comunicação, e entender em qual ciclo de vida o cliente está e quais devem ser as próximas etapas;   

Já o uso dos anúncios na estratégia de marketing digital é necessário para atrair novos clientes. O anúncio fará o papel de propaganda do seu restaurante. Aumentando o fluxo de novas pessoas dentro do seu estabelecimento ou pedindo pelo delivery. Invista e colha os frutos em um pequeno/médio prazo; 

Quanto à presença online, se o seu objetivo é ser notado e alcançar novas pessoas diariamente, você precisa estar nas redes sociais. Mas lembre-se, no Instagram é necessário que o seu marketing de conteúdo tenha uma estratégia ligada ao seu objetivo como marca. Engaje com seus seguidores, troque experiência, responda comentários. Ou seja, mostre a ele que além de uma marca, tem pessoas dispostas a se relacionarem.

 

Atendimento

Um dos pilares que podem prejudicar o faturamento de qualquer empresa, é o atendimento. Além de  marketing visual, estratégico e de relacionamento, um bom atendimento traz o cliente não somente para perto, mas o faz desejar estar sempre em contato com a marca. “Seu concorrente pode até vender um peixe melhor que o seu, mas se o atendimento dele for comum, pode ter certeza que o seu espaço sairá em vantagem” – reforça.  Vale destacar que o atendimento não é somente quando o cliente chega até o seu restaurante. O bom atendimento deve-se perpetuar durante o processo de compra/experiência, e principalmente ao pós vendas. 

O pós-vendas diz muito mais sobre a sua empresa do que qualquer outra etapa do atendimento.  “Valorize o atendimento ao seu cliente, crie metas para os seus funcionários, dê brindes, e os incentive para que o atendimento seja impecável, sempre colocando o cliente em primeiro plano” – resume Paulo Mezzalira. 

Por fim, o especialista revela que o momento pede atenção e inovação. “Com todas essas mudanças de consumo e as incertezas com relação ao futuro, os empreendedores devem investir em novas práticas e estarem cada vez mais aptos para  oferecer melhores experiências para o cliente”.

Publicidade
Publicidade