Robô policial é criado pela empresa Promobot

22 de Outubro de 2019

O objetivo é otimizar o trabalho humano e auxiliar na identificação de criminosos

A fabricante de robôs russa Promobot anunciou nesta terça-feira (22) a demo de um robô policial. O evento aconteceu durante a XXIII exposição internacional Interpolitex no VDNH.

O Promobot V. 4, como chamado, é capaz de reconhecer rostos e fala, interagir com pessoas, se mover autonomamente contornando obstáculos. O novo robô policial será usado para ajudar policiais em locais com muita movimentação pública, como aeroportos, metrô e eventos de massa. O androide poderá escanear impressões digitais e apresentar informações, quando constadas no banco de dados do Ministério de Administração Interna, sobre alguém para o policial humano.

“Se a pessoa reconhecida corresponder a uma pessoa do banco de dados de procurados, o robô informará o nome da pessoa, a hora e o local da detecção em segundo plano. Os robôs não têm o direito de realizar ações operacionais por conta própria, assim o nosso Promobot será um assistente do funcionário”, explica Oleg Kivokurtsev, diretor de desenvolvimento da Promobot.

Com o policial androide, os policiais poderão incluir infratores ao banco de dados. O robô está equipado com um scanner de passaporte, um scanner de impressões digitais e uma câmera fotográfica. Isso permitirá adicionar todos os tipos de dados sobre uma pessoa em poucos segundos.

Esta nova tecnologia também poderá ser implantada no Brasil, através da representante da Promobot, a Umbô.