Conheça os finalistas do Prêmio Inovação Catarinense

15 de Abril de 2021

De Florianópolis, oito finalistas irão concorrer aos prêmios de R$ 15 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil

Florianópolis, referência para o país na área de tecnologia, emplacou oito finalistas no Prêmio Inovação Catarinense, realizado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc). É o segundo melhor resultado regional, puxado principalmente por órgãos públicos, instituição de ensino e entidade. 

Na categoria Agente da Inovação, o professor Régis Henrique Gonçalves e Silva representa a Universidade Federal de Santa Catarina. Ele é coordenador do Instituto de Soldagem e Mecatrônica (Labsolda), do Departamento de Engenharia Mecânica. Entre os resultados para o grupo, conseguiu um acordo de cooperação com instituições alemãs para intercâmbio de estudantes, além de realizar parcerias com grandes indústrias, como a WEG

As estudantes do curso de Zootecnia da UFSC, Larissa Sobolewski Magassy Baptista e Manoela Karolina Ribeiro Santos disputam o primeiro lugar na categoria Projeto Acadêmico Inovador. Elas desenvolveram um biscoito assado para ajudar na saúde bucal dos cães, garantindo a limpeza e o bem-estar animal.

Na área do empreendedorismo, três empresas disputam nas categorias Empresa Inovadora e Inovação em Produto

A Aquarela Inovação Tecnológica do Brasil, finalista como Empresa Inovadora, é pioneira no uso de inteligência artificial na indústria brasileira. 

As empresas Brasilrad Consultoria em Radioproteção e Dayback Energy, ambas da capital catarinense, são finalistas na categoria Inovação em Produto. A primeira faz consultoria para implementação de sistema de radiografia. Já a segunda realiza monitoramento de consumo de energia. 

 

Órgãos públicos e entidades
Um dos destaques é a participação de órgãos públicos e entidades na disputa. Na categoria Governo Inovador, o Governo do Estado emplacou dois finalistas: a Santur e a Jucesc. 

A Junta Comercial do Estado de Santa Catarina (Jucesc) lançou o Jucesc Digital, que permite a abertura e o fechamento de empresas totalmente on-line, o que dá agilidade ao processo. O recurso se tornou ainda mais importante nesse momento de pandemia por evitar o contato físico. 

Já a Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) inscreveu a ferramenta Almanach, que disponibiliza material sobre o turismo no Estado. Os indicadores ajudam gestores públicos e privados a traçarem as melhores políticas para o setor.

Por fim, a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) está na final na categoria Inovação em Serviço ou Processo. A entidade desenvolveu o Programa Intercomp (International Competitiveness), plataforma de internacionalização para tornar a indústria catarinense mais competitiva no mercado exterior.

 

Sobre o prêmio
Segundo o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, os objetivos do prêmio são incentivar a geração de inovação e reconhecer pessoas, empresas e organizações que inovam em todo o Estado. “Além de fomentar e apoiar, precisamos inspirar as pessoas. O Prêmio Inovação Catarinense é um misto de homenagem, reconhecimento e incentivo”, destaca. 

Nessa edição, a Fapesc recebeu número recorde de inscrições com 226 candidatos. "Ficamos surpreendidos com a diversidade de projetos submetidos ao Prêmio Inovação Catarinense, o que demonstra a qualidade e a presença da ciência, tecnologia e inovação por toda Santa Catarina", comenta a gerente de Inovação da Fapesc, Gabriela Mager. 
Para a edição deste ano, a Fapesc vai divulgar diariamente nas redes sociais vídeos de professores, alunos, empresas e órgãos explicando suas inovações. 

Serão premiados os três primeiros lugares com R$ 15 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil. A cerimônia será realizada totalmente on-line no dia 27 de abril, a partir das 14h. Quem quiser acompanhar, poderá assistir pelo YouTube da Fapesc ou pelo Facebook

 

Confira os finalistas por categoria:

Agente da Inovação
Cláudio Alcides Jacoski (Unochapecó) (Chapecó)
Paulo César Lock Silveira (Unesc) (Criciúma)
Régis Henrique Gonçalves e Silva (UFSC) (Florianópolis)

Professor Inovador 
Carlos Rutz (Escola Estadual Básica Bom Pastor) (Chapecó) 
Paulo Barral de Hollanda Gomes Vieira (Furb) (Blumenau) 
Rodrigo Barichello (Unochapecó) (Chapecó)

Jovem Inovador
Camila Vanin e Netaly Ghidolin Conte (Escola Estadual Básica Bom Pastor) (Chapecó)
Daniel Verdi do Amarante (IFC) (Rio do Sul)
Jean Claude Rossa (Escola Estadual Básica Bom Pastor) (Chapecó) 

Projeto Acadêmico Inovador
Gustavo Serpa (Furb) (Blumenau) 
Kamili Guimarães da Silva e Marcelo Loch (UniSATC) (Criciúma) 
Larissa Sobolewski Magassy Baptista e Manoela Karolina Ribeiro Santos (UFSC) (Florianópolis)

Inventor independente 
Sebastião Luiz Vieira (Blumenau) 
Silvia de Souza Vaccari (Chapecó)

Empresa Inovadora
Aquarela Inovação Tecnológica do Brasil (Florianópolis)
Betha Sistemas (Criciúma)
Termotécnica (Joinville)

ICT Inovadora
Agência de Inovação Tecnológica AGIT (Furb) – AGIT Furb (Blumenau)
Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina (SATC) (Criciúma)
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa Suínos e Aves (Concórdia) 

Inovação em produto
Brasilrad - Consultoria em Radioproteção (Florianópolis) 
Dayback Energy (Florianópolis)
Playmove Indústria e Comércio (Blumenau) 

Inovação em Serviço ou Processo
BRF (Chapecó) 
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) (Florianópolis)
Metalúrgica Riosulense (Rio do Sul)

Inovação de Impacto Socioambiental 
Eco Têxtil Indústria e Comércio de Máquinas Recicladora Têxtil (Luzerna)
Kêmia Fabricação de Equipamentos para Tratamento de Efluentes (Chapecó)
Sulgesso Indústria e Comércio (Imbituba) 

Governo Inovador
Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) (Florianópolis)
Junta Comercial do Estado de Santa Catarina (Jucesc) (Florianópolis)
Município de Itajaí 
 

Notícias Relacionadas