#FestivalSGB | O recado de Adriana Barbosa, criadora da Feira Preta e um dos 51 negros mais influentes do mundo

28 de Outubro de 2017

Adriana participou de um jantar com o ex-presidente dos EUA Barack Obama no último mês de setembro, quando ganhou um prêmio internacional instituído pelo Most Influential People of African Descent, o MIPAD, um órgão que reconhece pessoas que mudam o mundo. Neste sábado, 28/10, Adriana esteve em Florianópolis participando do Social Good Brasil. Fizemos um resumo do que ela disse no texto abaixo e um vídeo onde ela deixa uma mensagem.

 

A busca pelo propósito está ligada à felicidade?
“O fato de eu viver com propósito e ser muito mais feliz porque eu falo aquilo que eu acredito, não quer dizer que eu não tenha os meus dilemas. Vamos parar com o mito de viver com o propósito é estar constantemente feliz. As coisas ficam mais coloridas quando se tem propósito, mas não quer dizer que você não terá problemas diários."
Ao final de sua participação, Adriana discorreu sobre racismo e lembrou que à medida em que a população negra ascende economicamente o racismo aparece. “Nunca se viu tanta onda de racismo na internet. O racismo no Brasil é estruturado, institucional e acontece diariamente na vida da população negra e se não pararmos isso agora daqui a 30 anos teremos muita vergonha disso”, destacou.