Empresários de Florianópolis lançam Delivery do Bem

21 de Março de 2020

Mais de 100 estabelecimentos comerciais já se cadastraram para participar da iniciativa

Grupo de empresários da Capital dos setores de varejo alimentício, logística, TI e marketing, com apoio de uma equipe multidisciplinar voluntária, acaba de criar o Delivery do Bem. Trata-se de uma plataforma que visa promover a venda online de mantimentos conectando desde pequenos empresários do setor alimentício que ainda não estão no cenário digital, até os comerciantes que querem diminuir as despesas com as taxas de serviços de delivery já existentes. “Os varejistas estão sofrendo um forte impacto em virtude dos desdobramentos sociais exigidos pela COVID-19, assim buscamos salvar o emprego de milhares de pessoas em Florianópolis, e depois expandir isso para outros locais", explica Diogo Machado CEO da Original.Market, sobre a essência do movimento. 

“Eu não vou demitir ninguém, embora se a minha empresa só olhasse pra números, fosse preciso, porque eu não tenho muito capital de giro pra manter salário sem ter uma receita entrando, é matemática”, retrata Eliseu Jorge Cardoso, franqueado de seis lojas da Massa Viva em Florianópolis que, ao receber uma mensagem de Whatsapp de uma funcionária pedindo que ele não a demitisse, resolveu mobilizar os amigos na busca de uma solução. Como a única maneira de comercializar seus produtos e manter seu quadro de funcionários era através de delivery, uma realidade comum a todos os comerciantes do varejo alimentício neste momento, veio à tona a questão deste serviço ter altas taxas, de até 27%, além de cobrança na entrega. “Foi então que surgiu este movimento, pra baratear este processo de delivery que é essencial agora, e eu fiquei impressionado com tantas pessoas ajudando, a gente escuta falar que o mundo anda egoísta, que cada um olha por si, mas muita gente se dispôs a ajudar e eu acredito que esta plataforma de vendas vai salvar muitas empresas e empregos”, completa Eliseu.

Carlos Souza, um dos fundadores da Zygo, plataforma de marketing para restaurantes, conta que: “Nos últimos seis dias focamos, - literalmente dia e noite, - na criação de um marketplace de delivery voltado a empreendedores que terão impactos negativos nas suas vendas em decorrência da COVID-19. O Delivery do Bem pretende aumentar a visibilidade e o faturamento dos negócios locais participantes sem incorrer em custos”. Além de todo o serviço ter taxa zero de administração, e de pagamentos online terem apenas a taxa de cartão, benefícios para quem optar por consumir dos empreendedores locais através do Delivery do Bem estão sendo desenvolvidos para motivar ambas as partes. 

Mais de 100 estabelecimentos comerciais do ramo já se cadastraram para participar desta iniciativa oferecendo seus produtos para entrega, e a tendência é um aumento exponencial deste número visto que o cadastro de novos participantes estará disponível na própria plataforma do Delivery do Bem, no endereço deliverydobem.com.br/quero-participar. Ao todo, mais de mil estabelecimentos estão no radar do movimento que, a princípio, vai oferecer o serviço na Capital e Grande Florianópolis e, conforme os resultados e a adesão de mais voluntários e patrocinadores, poderá ser expandido para outras regiões do estado, e até mesmo do país.