Empresa catarinense de inovação expande atuação no Japão

08 de Outubro de 2018

Dazideia realiza seu primeiro evento internacional em Nagoya

No dia 26 de outubro de 2018 acontece o primeiro Encontro Dazideia fora do Brasil. O propulsor Ricardo Wakuta organiza o evento em Nagoya, no Japão, com o objetivo de levar startups latinas para ingressar no mercado asiático. O Encontro Dazideia promove o compartilhamento de negócios inovadores e conexões no mercado de empreendedorismo e inovação, sendo o Japão um importante mercado para estar presente.

 

Ricardo Wakuta, mais conhecido como Dino no Japão,é especialista em bizdev e relacionamento B2B de longo prazo. Hoje é Advisor em uma startup pré-Seed, na qual a missão é “tangibilizar a percepção de valor dos empreendedores na Era Digital”. Como consultor, ajuda startups latinas a ingressar no mercado asiático, usando o Japão como porta de entrada. A partir de sua experiência com startups latinas acredita “que há muito espaço para colaboração entre Brasil e Japão dentro do ecossistema startup”, diz Ricardo propulsor Dazideia em Nagoya.

 

A expansão do Dazideia para o Japão vem em um momento de importante movimentação dos agentes de inovação para aproximar mercados diferentes. Para Giovanni Santoro, co-fundador do Dazideia, o objetivo da entrada no Japão é “validar o Encontro (Dazideia) fora do Brasil, desafiando esta validação ao levá-lo para uma cultura totalmente diferente da brasileira e expandir mercado, levando o Dazideia para o mundo”, diz Giovanni. O evento foi lançado em português “seguindo a linha das startups utilizando o que tem para depois adaptar e ao prosseguir a expansão, os eventos futuros serão traduzidos para atingir pessoas de todas as regiões”, explica Santoro

 

Como funciona o Encontro Dazideia

O Encontro Dazideia promove o compartilhamento de negócios inovadores e conexões no mercado de empreendedorismo e inovação. Aos Pitchers, proporciona a oportunidade de apresentar sua startup ou projeto inovador para validar, divulgar e escutar perguntas que nem sempre se fazem. Além de se conectar com possíveis parceiros ou clientes e receber prêmios que vão apoiar a jornada empreendedora.

Um dos negócios que se beneficiou dessa conexão foi o Sumá, que encontrou no Encontro Dazideia o atual CTO (Chief Technology Officer), ou Diretor-Chefe de Tecnologia, da empresa. A solução online, que conecta agricultores familiares e compradores de alimentos, está hoje no ranking das 100 Startups to Watch, que aponta as empresas mais atrativas para investidores, aceleradoras e programas de corporate venture. "Somos muito gratos ao Dazideia por manter o ecossistema de inovação super ativo em vários lugares, mostrando que existe muita inovação, tecnologia e impacto social nas nossas comunidades.afirma Daiana Leripio, cofundadora do Sumá.

Outra iniciativa que se beneficiou ao apresentar-se em um evento Dazideia foi a GeekHunter, plataforma que testa e seleciona os melhores desenvolvedores de software do mercado e os conecta com empresas de tecnologia, apoiando o processo de contratação. "Tive a oportunidade de compartilhar um pouco mais sobre a GeekHunter com um dos fundadores da empresa e isso acelerou bastante nosso processo em termos de fechamento de contrato."afirmou Tomás Ferrari, fundador da startup que já recebeu aporte de investidores da rede Anjos do Brasil. Fruto do seu pitch no evento, a startup acabou fechando negócio com a empresa que vinha prospectando, considerada grande player da região.

Para o Entusiasta que vai assistir e dar feedbacks, acaba sendo um encontro de inspiração. Muitos vão à procura de parceiros, startups para investir, mas também vão aqueles que querem conhecer coisas novas, sair da sua caixa, se conectar e até mesmo criar seu projeto para apresentar em próximos encontros. São diversos depoimentos que corroboram a experiência de participar dos eventos.