Cidade e Tecnologia - o que é que Floripa tem? É tema de seminário na capital

21 de Novembro de 2017

Que Florianópolis vem sendo chamada de 'Ilha do Silício', devido à expansão do setor tecnológico na capital catarinense, muitos já ouviram falar. Porém, o que, de fato, vem sendo pesquisado e o que tem sido aplicado de recursos tecnológicos nas áreas de políticas públicas em Florianópolis? Essas questões serão apresentadas no seminário 'Cidade e Tecnologia – o que é que Floripa tem?', que será realizado no dia 22 de novembro, das 13h30 às 19h, no auditório da Softplan no Sapiens Park, no bairro Cachoeira do Bom Jesus, na capital catarinense.

O evento reunirá pesquisadores, gestores, empresários, representantes organizações sociais e executivos de grandes instituições em debates que envolvem as áreas de tecnologia, construção civil, infraestrutura, mobilidade, sustentabilidade e participação social. A iniciativa é da Softplan, uma das maiores empresas do Brasil no desenvolvimento de softwares de gestão, e do Movimento Traços Urbanos,formado por um grupo transdisciplinar de pessoas que atuam para a transformação da cultura urbana a partir da revitalização de diversas regiões da cidade, de forma voluntária.

As inscrições são gratuitas, mas são propostas duas formas de contribuições (R$ 20 e R$ 50 + taxas) para quem quiser colaborar para a construção de uma praça na comunidade do Monte Serrat, bairro de abrangência das ações do Movimento Traços Urbanos. Informações e inscrições aqui.