Cervejaria Ambev lança academia de negócios para startups

25 de Outubro de 2019

A Academia 100+ de Startups nasce para complementar o programa de aceleração da Cervejaria Ambev, lançado em 2018

A partir do programa Aceleradora 100+ e dando continuidade aos programas de aceleração, a Cervejaria Ambev criou a Academia 100+, projeto que oferece treinamentos e workshops de diferentes áreas de negócios para impulsionar o crescimento das startups e aumentar o impacto de seus negócios. 

O Academia 100+ surgiu do feedback das próprias participantes da primeira edição, que diziam sentir falta de um suporte para outras áreas do negócio nos programas tradicionais de aceleração, além da contribuição financeira. A Aceleradora 100+ tem o objetivo de encontrar startups com soluções inovadoras para os principais problemas socioambientais da atualidade. Com a academia, as startups terão mais recursos para evoluir os negócios e aumentar seu impacto positivo no meio ambiente e na vida das pessoas. Para o lançamento do programa de pós-aceleração, foram convidadas 21 startups participantes da primeira edição da Aceleradora 100+. 

Ao todo, serão três workshops sobre Gestão Tributária, Design Thinking e Noções Jurídicas, além de treinamentos online sobre os temas. Os encontros acontecerão uma vez por mês, de setembro a novembro, no escritório central da Cervejaria Ambev. Apesar do período do programa, o vice-presidente de sustentabilidade e Suprimentos da academia, Rodrigo Figueiredo, ressalta que a proposta da academia é continuar o trabalho de troca entre as startups e a Cervejaria Ambev, para que todas cresçam juntas. “Nós criamos um ecossistema de inovação de troca. Não tem hierarquia e esse tipo de relacionamento é muito saudável. Dessa forma cada um ajuda como pode e todos saem ganhando: a Ambev, as startups e o planeta”, explica o executivo.

A companhia anunciou que, a Academia 100+ premiará até R$ 100 mil para a vencedora do melhor projeto, que também terá a oportunidade de apresentar-se em eventos no Brasil e na sede da ONU para importantes investidores nacionais e globais. As inscrições vão até 31 de outubro pelo site. 

Notícias Relacionadas