Adobe apresenta novo protótipo que identifica rostos modificados pelo Photoshop

17 de Junho de 2019

Ainda que em estágios iniciais, a IA já está obtendo resultados extraordinários

A Adobe divulgou recentemente em seu blog oficial um novo estudo que vem conduzindo com a Universidade de Berkeley para a criação de uma inteligência artificial que automaticamente esclarece se um rosto foi manipulado no Photoshop. Efros, a ferramenta ainda está na fase inicial de desenvolvimento, por enquanto sendo apenas um protótipo concebido em cima da opção Face Aware Liquify do software, mas de acordo com a Adobe buscará não só distinguir imagens adulteradas das verdadeiras como desfazer o processo e restaurar o rosto ao seu visual original.

Ainda que em estágios iniciais, a IA já está obtendo resultados extraordinários. Em um teste para avaliar se os próprios rostos haviam sido manipulados, as pessoas que participaram como cobaias conseguiram acertar 53% dos casos em tiveram as faces alteradas ou não pela ferramenta do Photoshop, enquanto o software manteve uma taxa de acerto de mais de 99%.