Abajur cria ação própria com spot de rádio que só pode ser ouvido na íntegra por jovens 

18 de Outubro de 2021

Anúncio criado emite sons em uma frequência de 16.000 hertz

 

A atual campanha de divulgação da Abajur descreve a agência como “a mistura de inteligência e criatividade”. O spot da campanha que está veiculando em diversas rádios do RS e de fora do estado põe em prática um pouco do que a empresa de comunicação defende. Segundo a agência, estudos mostram que apenas ouvidos jovens escutam frequências muito altas (sons muito agudos) e, considerando os sons ambientes dos locais de veiculação do spot, um ruído de 16.000 Hertz, em geral, será percebido apenas por menores de 35 anos. A peça convida aqueles que ouviram o som a visitarem o site abajurpropaganda.com.br/futuro. Lá os ouvintes poderão ouvir novamente o comercial e ler mensagens direcionadas para quem é capaz de ouvir o som agudo e para quem não é.

“Você já entrou em um site ou promoção de bebida alcoólica por exemplo e se deparou com um pop up perguntando se você era maior de 18 anos? Pois a gente fez mais ou menos o contrário. A ideia de um área especial de nosso site para os jovens é apenas o início de um trabalho. Mas o que fica dessa ação é a capacidade de segmentação dos ouvintes, verificação de engajamento por rádio e por faixa etária e, claro, de gerar mais interesse e interação por parte da audiência e mais inteligência de dados por parte da campanha.” explica André Zambam, diretor de criação.

Ouça o spot:

Nesta semana, a Abajur também está lançando uma ação especial para os kiwis Zespri que envolve uma experiência sonora. O diretor administrativo Gustavo Dutra completa: “Depois do olfato, que é um sentido extremamente subaproveitado na comunicação, o som parece também não ser frequentemente explorado com mais inovação. E pesquisas demonstram seu grande potencial de recall. A Abajur valoriza muito o poder da experiência sensorial completa no relacionamento entre consumidor e mídias, por isso estamos sempre nos desafiando a estimular e construir um relacionamento que vá além do impacto visual.”.
 

Notícias Relacionadas