Exposição "Hoje ficamos por aqui" abre nesta sexta-feira em Florianópolis

06 de Setembro de 2019

Obras da artista Kamilla Nunes estimulam a reflexão sobre os limites de questões públicas e pessoais

Clique na imagem para ampliá-la

 

A inquietação sobre as relações entre o individual e o público no cenário atual brasileiro motivou a curadora e professora Kamilla Nunes a realizar a primeira exposição individual. “_Hoje ficamos por aqui” reunirá no Memorial Meyer Filho, em Florianópolis, obras em diferentes técnicas com o intuito de refletir sobre a história a partir de uma nova ótica. A abertura oficial ocorre nesta sexta-feira (06) e a visitação segue até o dia 27. A entrada é gratuita.

O processo de pesquisa e criação das obras que compõem “_Hoje ficamos por aqui” levou cerca de um ano para ser concluído. Durante este período a artista se debruçou sobre a observação dos vínculos entre indivíduo e sociedade. “A exposição tem a ver com uma noção de compartilhamento de leituras, angústias e percepções do nosso cotidiano e entorno, do nosso país sobretudo. Muitos dos trabalhos lidam com a relação do individual e do público e de como uma coisa está diretamente relacionada com outra”, explica Kamilla.

Para dar forma a estas reflexões foram utilizados diversos elementos como aquarela, pintura, estêncil, esculturas e, inclusive um livro escrito com a colaboração de aproximadamente 50 pesquisadores, o Escovar a História a Contrapelo, publicado pela editora Cultura e Barbárie. “O interesse dentro de todo esse processo foi o de perceber a melhor técnica ou suporte que pudesse abraçar uma ideia”, conta. Os visitantes terão também a oportunidade de conferir o projeto Frases de Corte, um compilado de orientações marcantes ditas no final das sessões de análise ou terapia. “São frases que tem sentido tanto pra mim quanto para o outro, que fazem refletir sobre o nosso lugar no mundo, nosso lugar político no mundo”.

Há mais de dez anos Kamilla Nunes atua como curadora e crítica de arte. Doutoranda no Programa de Pós-Graduação do Ceart/Udesc foi gestora do Espaço Embarcação, em Florianópolis, curadora do Espaço Cultural O Sítio e diretora do Instituto Meyer Filho.

A exposição “_Hoje ficamos por aqui” abre dia 6 de setembro, às 18h00.

Visitação até dia 27 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h, no Memorial Meyer Filho, Praça XV de Novembro, 180, Centro, Florianópolis.

A entrada é gratuita.