Diretora de Jornalismo da RBS leva projeto Fluência em Notícias ao 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo

24 de Agosto de 2021

Marta Gleich falará sobre educação midiática ao lado de Alexandre Sayad, Carlos Lima e Patricia Blanco

Marta Gleich debate sobre educação midiática durante o 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo. Crédito da imagem: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

Acontece até o dia 27 de agosto o 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, promovido pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), e nesta quinta-feira (26), às 17h, durante o painel “Educação midiática: como formar (e informar) uma audiência crítica”, será apresentado o projeto Fluência em Notícias, de GZH e Zero Hora. Para participar, basta se inscrever gratuitamente no site do congresso.

Lançado em outubro de 2020, o Fluência em Notícias tem como foco a educação em notícias e aborda alguns dos principais tópicos que envolvem a produção e o consumo de jornalismo, tirando dúvidas sobre os bastidores da atuação jornalística.

Depois de tratar sobre temas como diferença entre opinião e notícia, fluxo de produção e construção de notícias, jornalismo de engajamento e linha editorial na primeira e segunda edição, agora o projeto mostra em doze episódios quem são os profissionais que estão por trás do veículo e bastidores da operação.

"É responsabilidade dos meios de comunicação informar e formar o público sobre o funcionamento da atividade jornalística profissional e seu papel da sociedade. O cidadão não tem obrigação de saber a diferença entre um conteúdo informativo ou de opinião, ou como diferenciar uma notícia falsa de uma verdadeira, entre muitas outras questões. Nós podemos e devemos ajudar nisso", afirma a diretora de Jornalismo da RBS, Marta Gleich, que participará do debate ao lado do co-chairman internacional da Unesco Mil Alliance em educação midiática, Alexandre Sayad, e do especialista em Educomunicação da Prefeitura de São Paulo, Carlos Lima.

A conversa será mediada pela presidente-executiva do Instituto Palavra Aberta, Patricia Blanco.

Notícias Relacionadas