Publicidade
CONCARH 2022 aposta nas práticas ESG em retorno presencial
05 de Julho de 2022

CONCARH 2022 aposta nas práticas ESG em retorno presencial

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Ações sociais e de sustentabilidade pautam a realização desta 31ª edição do evento que ocorre em Florianópolis nos dias 7 e 8 de julho. A estimativa é que mais de 2 mil pessoas passem pelo maior congresso de gestão de pessoas do sul do país

O retorno presencial do CONCARH tem sido marcado por peculiaridades antes mesmo de iniciar. Os ingressos para congressistas esgotaram com mais de um mês de antecedência, mas ainda assim, a programação com nomes de peso tem atraído a atenção para a EXPOCARH, que terá exposições, palestras, cases de inovação e atividades de boas práticas de recursos humanos nas corporações e das atrações da Arena Experience, com áreas de coworking e iniciativas culturais.

Publicidade

A busca pela participação na agenda marca o alto nível de conteúdo e soluções oferecidos pelo evento – que será marcado também por estratégias ESG. “O tema tem sido muito debatido e vamos mostrar na prática o impacto que ele traz no dia a dia das empresas”, comenta Édio Bertoldi, presidente executivo da ABRH Santa Catarina, idealizadora do evento.

A emissão de gases poluentes, por exemplo, será minimizada pela circulação de três carros elétricos que farão o traslado dos palestrantes durante o congresso. Outra ação de destaque é a parceria com a Eco Local Brasil, empresa especializada em gerenciamento de resíduos, que vai recolher os cerca de 6 mil copos utilizados nos dois dias de CONCARH e destiná-los à reciclagem – assim como os copos de café, já biodegradáveis e que também terão a destinação adequada para não interferir no meio ambiente. “A parceria com a Eco Local Brasil também vai garantir que todas as lonas, crachás completos e outros resíduos plásticos e de papel sejam coletados, processados e transformados em vasos de plantas. Esses vasos serão adquiridos pela ABRH Santa Catarina para serem usados em outras ações nossas ao longo do ano”, destaca Diego Martins, coordenador geral do CONCARH e vice-presidente da ABRH SC.

A escolha por sacolas de tecido entregue aos participantes também foi decisiva por seguir critérios de sustentabilidade: a proposta foi pensada considerando o fato de que o acessório pode ser reutilizado após o evento. A matéria-prima foi cedida pela RenauxView, empresa têxtil catarinense considerada Carbon Free por compensar a emissão de gás carbônico da sua produção através do plantio de árvores.

O conteúdo ESG será abordado também em um painel com Viviane Moreira e Lilian Taise da Silva Beduschi, ambas com experiência em sustentabilidade e responsabilidade social – a conversa será mediada por Monica Pietschmann Gonzaga, integrante da diretoria executiva da ABRH SC. “Durante o evento também haverá espaço para a disseminação das ações sociais dos expositores, para que, além da contribuição dos participantes nas situações possíveis, as pautas sejam exemplos concretos do quanto assumir este tipo de causa influencia diretamente no comprometimento, no bem-estar, no propósito e na produtividade da equipe”, afirma Diego.

Publicidade
Publicidade