Atrações de Cuba, Argentina e Brasil em cartaz no Festival de Circo de Florianópolis

21 de Outubro de 2019

Primeira edição do evento segue com programação gratuita durante toda a semana em diferentes espaços públicos da Capital

Depois de emocionar adultos e crianças com números clássicos do circo no último fim de semana, o Festival de Circo de Florianópolis segue com programação gratuita na Capital até o dia 27 em diferentes locais da cidade. Na segunda (21), a plateia para a intervenção dos (A)Gentes do RIso será composta por pacientes, familiares e funcionário do Hospital Infantil Joana de Gusmão, que atende crianças e adolescentes de todo o Estado. 

Na terça (22), o picadeiro será o Largo da Catedral, no Centro. Montagens de ilusionismo, circo-teatro e música serão apresentados a partir das 16h50. Até o dia 27, diferentes locais da cidade serão palco para as diferentes linguagens do circo.

Artistas do Brasil, Argentina e Cuba

Na programação do festival figuram artistas catarinenses, de outros estados brasileiros e também internacionais. Um dos destaques da programação é o artista catarinense Luis Holl, que apresenta o espetáculo O Um-Banda na terça (22), às 16h50, no Largo da Alfândega. Na peça, um louco colorido chega da terra do ontem direto pra terra do agora. É um homem-banda com sua sanfona, tambor e meia lua, que vem tocar umas músicas, contando umas histórias sem sentido, para estimular o sentir na plateia. 

Rafael Gómez Pérez (Cuba) apresenta o espetáculo O Mágico Cubamagic na quarta (23), às 19h30, no Beiramar Shopping. O show de ilusionismo promete impressionar o público com  cartas que viajam de um lado para o outro, mentalismo, adivinhações e muito mais. 

Na sexta (25), também no Beiramar Shopping,  tem Tomate, Puro Tomate, com Palhaço Tomate (Argentina). O espetáculo sem texto falado já circulou por 26 países. Em cena, um personagem excêntrico que vivencia momentos cruéis e momentos ingênuos. Por meio do riso, Tomate encoraja a reflexão dos nossos problemas como sociedade.