Luciano Martins abre exposição no CIC com os artistas argentinos Patricia di Loreto e Javier Urani

03 de Maio de 2017

Não há rivalidade em campo quando o brasileiro Luciano Martins se encontra com os argentinos Patricia di Loreto e Javier Urani. Unidos pelo amor às artes plásticas, os três trazem a Florianópolis a partir da quinta-feira (4 de maio) a nova edição do projeto De Almas e Luzes. A exposição, que fica no Centro Integrado de Cultura – Espaço Lindolf Bell até o dia 31 de maio terá 26 obras -  a maior parte delas nunca expostas por aqui. A entrada é gratuita. A mostra tem o apoio e incentivo do Consulado Argentino e da Fundação Catarinense de Cultura.

Essa é a terceira edição do projeto de Almas e Luzes. A mostra já passou por Florianópolis, Buenos Aires e Porto Alegre. Uma das novidades é a participação de Javier Urani. Escultor, artista plástico e arquiteto, pós graduado em arquitetura e restauração em Roma ele foi curador de Arte da Associação Argentina de Críticos de Arte do Centro Cultural Recoleta. Julio Sapollnik,  curador do projeto, diz que as obras de Urani são “enigmáticas e pretendem trazer à tona a memória interna que todos carregamos conosco”. Em alguns trabalhos ele mistura o clássico a elementos do Pop e do Surrealismo.

Luciano Martins e Patricia di Loreto, que estavam nas primeiras versões do projeto, renovaram o acervo. Influenciado por uma estadia recente nos Estados Unidos, Martins acrescentou novos elementos em sua arte, como colagens, e se aproximou da pop art, sem abrir mão de suas características mais conhecidas, com quadros coloridos e lúdicos. “O Caçador de Palavras” e o “Superman” são duas das obras criadas nos últimos meses que estarão no CIC. Patricia, que se destaca pelas pinturas de grupos humanos, é também painelista, autora de cinco murais no projeto "Arte en el Subte de  Buenos Aires".

LUCIANO MARTINS
Com traços lúdicos, cores vibrantes e temas otimistas, Luciano Martins desponta como um dos nomes mais importantes de sua geração. Em 17 anos de pintura, soma mais de 100 mostras em seu currículo, com destaque para exposições internacionais em países como Itália, França, Portugal, EUA e Argentina. Participou da última edição da Miami River Art Fair durante a Art Basel e foi premiado com o Grand Prix. Dono de uma obra bastante pessoal e comunicativa, o artista também dedica grande parte do seu tempo a projetos educativos e sociais, em parcerias com instituições como a ONU, por exemplo.

PATRÍCIA DI LORETO
Artista visual argentina com residencia no Brasil, muralista, pintora e cenógrafa. Ganhadora da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres de Arte 2012, com a obra "Fiestas, elefantes y  vestidos de seda", quadro adquirido pela  Embaixada de China. Estudou desenho e pintura no Peru e na Espanha, ingressou na Escola Nacional de Belas Artes PrilidianoPueyrredón em 1983. Realizou trabalhos de Cenografias no Teatro Colón. Criadora de um Projeto de Intercâmbio Cultural entre países de Latinoamerica por meio de Chancelaria Argentina, participa atualmente de projetos de intervenções urbanas como o mural da UFSC e recentemente cinco murais no projeto "Arte en el Subte de  Buenos Aires". Possuem suas obras Museus, Galerias de arte, Instituções públicas e privadas do mundo.

JAVIER URANI
Javier é escultor, artista plástico e arquiteto, pós graduado em arquitetura e restauração em Roma. Curador de Arte da Associação Argentina de Críticos de Arte do Centro Cultural Recoleta. Dirigiu a Galeria Arteme, em Buenos Aires. Tem participado de um grande número de salões nacionais e internacionais em países como Uruguai, Estados Unidos e Espanha.

 

Exposição "De almas e luzes".
Abertura: 04/05/2017
Local: Centro Integrado de Cultura – Espaço Lindolf Bell - Av. Governador Irineu Bornhausen 5600 - Florianópolis, SC.
Horário: Seg a Dom - das 10 às 23h.
Ingresso: Entrada franca.