Direitos Humanos concede prêmio a filme do FAM 2018

10 de Junho de 2018

Um dos sete filmes que competem na Mostra Infantojuvenil do 22º Florianópolis Audiovisual Mercosul – FAM 2018 será escolhido por um grupo de jurados para ganhar do IPPDH – Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercosul, o prêmio de US$ 500,00 mais estatueta. Com sede em Buenos Aires, o instituto promove a cultura dos direitos humanos entre os países membros do bloco econômico e procura trabalhar em conjunto com os espaços relacionados à discussão e a divulgação cultural, como é o festival.

“A arte, em suas diferentes manifestações, é parte do direito à cultura. Por isso, o IPPDH aposta na colaboração com espaços como o FAM, por toda sua trajetória no âmbito do Mercosul, contribuindo na difusão e na promoção do cinema feito nos diversos países”, disse a diretora de Comunicação e Cultura do instituto Corina Leguizamón.

Principal organização interestatal focada na adoção de políticas de direitos humanos na América do Sul, o IPPDH foi criado em 2009 e atua com base no consenso e na participação dos países membros e das organizações da sociedade civil. Entre seus temas estratégicos para a região estão a mobilidade humana, infância e juventude, idosos, combate à tortura, segurança e direito à cidadania e cultura de direitos humanos.

“Estamos muito felizes com esse prêmio oferecido pelo IPPDH para os filmes da Mostra Infantojuvenil. Demonstra o imenso reconhecimento da importância da difusão desses filmes para a construção dos direitos humanos desde a infância” ressalta a diretora de Programação do FAM, Marilha Naccari.