Veja oito características fundamentais para se tornar um empreendedor

20 de Janeiro de 2021

Lista foi desenvolvida pelo Sebrae

Foto de Rodnae Productions no Pexels

Segundo uma pesquisa feita pelo Sebrae, o Brasil pode ter batido, em 2020, um nível recorde de empreendedorismo no país, com aproximadamente 25% da população adulta envolvida na abertura de um novo negócio ou com uma empresa com até 3,5 anos de atividade.

O caminho do empreendedorismo, entretanto, exige trabalho, dedicação, planejamento, estudo e o desenvolvimento de algumas características essenciais por parte de quem pretende se inserir nessa atividade. “Ser resiliente, saber tomar decisões, manter a organização, ter persistência, capacidade de correr riscos, são alguns fatores determinantes para o sucesso de qualquer pessoa que se envolva com empreendedorismo. A boa notícia é que essas são capacidades que podem ser trabalhadas a qualquer momento", afirma o gerente de soluções do Sebrae, Diego Demetrio.

Para ajudar os potenciais empresários nesse processo, o Sebrae separou oito características essenciais que os ajudarão a se fortalecer como empreendedor.

Confira:

 

Iniciativa

Para montar o seu próprio negócio, uma das primeiras coisas que a pessoa precisa ter é iniciativa. Sonhar muitos sonham, mas ter a ação e colocar em prática exige disposição e coragem para fazer. Empreendedores são pessoas que não ficam à espera de uma solução (seja da família, do governo, da empresa), elas criam oportunidades com os desafios que a vida apresenta. Seja lançando um serviço, um produto ou atendendo a uma necessidade local. O empreendedor age com proatividade nas situações, em busca de possiblidades para expandir seus negócios, e aproveita momentos incomuns para progredir.

 

Curiosidade

Uma pessoa empreendedora tem sede de informação e conhecimento. Está sempre em busca de novidades em sua área de atuação, lê notícias, observa comportamentos, fica de olho em tendências, estuda a concorrência. Essa busca motiva a sua criatividade e aumenta o seu comprometimento com o negócio. Quando ela decide empreender ou fazer mudanças, tem mais confiança. Essa busca por fatos e dados sobre o que está acontecendo em sua área de atuação facilita a tomada de decisão.

 

Assertividade

Empreendedores tomam decisões todos os dias e para isso precisam estar seguros. A própria decisão de montar o negócio já exige um nível de assertividade. Essa característica é desenvolvida a partir da curiosidade. Estar atualizado, bem informado sobre o seu segmento, ter um plano de negócios, ajuda bastante a pessoa a fazer escolhas de forma consciente e equilibrada.

 

Corre riscos 

Empreender é arriscar, é testar, avaliar, avançar e muitas vezes recuar. Em todas essas etapas é preciso ter planejamento e calcular todos os fatores envolvidos. Um bom empreendedor corre riscos de forma inteligente, com possíveis lucros e perdas desenhados. Ele procura e avalia alternativas para tomar decisões, buscando reduzir as chances de erro e aceita desafios moderados, com boas chances de sucesso. O empreendedor faz tudo o que for necessário para ter êxito, ou seja, não é atormentado pelo medo paralisante do fracasso.

 

Comprometimento

Acreditar no que faz e ser comprometido com o negócio é essencial. O empreendedor é um apaixonado pelo negócio, se dedica, está presente ou se faz presente no dia a dia da equipe. Essa característica envolve sacrifício pessoal, colaboração com os funcionários e dedicação com os clientes. O empreendedor traz para si mesmo as responsabilidades sobre sucesso e fracasso. Atua em conjunto com a sua equipe para atingir os resultados, colocando o relacionamento com os clientes acima das necessidades de curto prazo.

 

Estabelecer metas e resultados

Um empreendedor de sucesso tem organização, planejamento e conhece sua empresa para colocar metas e resultados. Os objetivos são claros e definidos para curto e longo prazo. Toda a equipe tem contato com esses planos e é motivada a perseguir o caminho. Os objetivos traçados precisam ser desafiantes, mas sempre conectados com a realidade da empresa. A ideia é que esses números reflitam o desenvolvimento do empreendimento.

 

Facilidade em comunicar e persuadir

Qualquer empreendedor é um vendedor. Ele precisa convencer outras pessoas sobre a importância do seu produto/serviço. Por mais que não esteja na linha de frente das vendas, o empresário vai precisar se comunicar com fornecedores, investidores, compradores, revendedores... Essa rede de contatos é fundamental para a manutenção do negócio, assim como para a possibilidade de gerar novos negócios. Por isso, desenvolver a habilidade de uma comunicação amigável e persuasiva é primordial.

 

Autoconfiança

O primeiro a acreditar no seu modelo de negócio precisar ser o próprio empresário. A partir disso, será possível convencer cada vez mais colaboradores e clientes de que o produto ou serviço oferecido é rentável. Pessoas empreendedoras são capazes de motivarem a si mesmos em relação aos desafios e às tarefas nas quais acreditam. Não necessitam de prêmios externos, como compensação financeira.

Notícias Relacionadas