Por que é necessário medir o turnover de uma empresa?

22 de Outubro de 2021

Alta rotatividade de funcionários prejudica as finanças e a produtividade

Uma boa estratégia de atração e retenção de talentos é muito importante para diminuir custos operacionais e aumentar a produtividade da empresa. E uma das principais métricas para medir o sucesso de sua estratégia é o índice de turnover.

Aqui vamos te explicar como medir turnover e mostrar o quanto isso é importante para o bom desempenho da empresa no mercado. 

É importante entender que é mais barato reter funcionários, mantendo-os mais tempo na empresa, do que estar sempre contratando novas pessoas para a função. Os custos envolvidos na contratação e demissão de colaboradores nem sempre é estimado pelas empresas, mas faz uma grande diferença nos números de qualquer negócio. 

O que é turnover? 

O turnover é a taxa de rotativa de funcionários. Basicamente, o turnover mede o número de funcionários que saem de uma empresa em um determinado período. É possível medir o turnover mensalmente ou anualmente. 

Toda empresa possui sua taxa de turnover e é preciso entender por que medi-lo constantemente é importante. Taxas muito altas de turnover indicam problemas de gestão, infraestrutura, péssima cultura organizacional e outros fatores. E isso se reflete na produtividade e nos resultados da empresa no mercado. 

Quais são os tipos de turnover? 

Os funcionários podem se desligar de uma empresa por vários motivos. Alguns motivos bastante comuns são uma nova oferta de emprego, aposentadoria e a insatisfação com a empresa. Confira abaixo quais são os principais tipos de turnover:

 

Turnover voluntário e involuntário 

A rotatividade voluntária acontece quando um funcionário da empresa pede demissão por ter conseguido outro emprego ou por estar insatisfeito com o negócio. Já o turnover involuntário acontece quando a empresa demite um funcionário por mal desempenho ou contenção de despesas, por exemplo.

 

Turnover funcional e disfuncional 

O turnover disfuncional se caracteriza pela saída de funcionários com habilidades difíceis. Já o turnover funcional tem um impacto menor já que se caracteriza pela saída de funcionários que possuem um péssimo desempenho ou que ocupam cargos mais fáceis de ser substituídos. 

 

Quais são os principais impactos de um alto índice de turnover? 

Medir o índice de turnover é importante porque uma alta taxa de rotatividade pode causar impactos bastante negativos no dia a dia da empresa. Aqui vamos listar os principais pontos que geram impacto e podem prejudicar bastante o desempenho da empresa no mercado. Confira abaixo:

 

Gastos com contratação 

As despesas com processos seletivos impactam bastante os custos operacionais de uma empresa. E o alto índice de turnover mostra que os custos vão além do esperado, já que há uma grande rotatividade de funcionários no negócio. 

Os custos vão desde os anúncios para divulgação da vaga na internet e nos meios físicos até a seleção de profissionais com mais dinamismo. Isso representa um custo bastante alto para a empresa. 

Então, medir o índice de turnover frequentemente e ter uma estratégia para mantê-lo em um nível aceitável é fundamental. Dessa forma, os custos operacionais diminuem e a empresa pode usar melhor o dinheiro para investir em outros processos úteis para o negócio. 

Baixa produtividade 

Em uma empresa sem estratégia de atração e retenção de talentos, o índice de turnover tende a ser alto e a produtividade não atinge os níveis esperados. Isso acontece porque parte dos colaboradores não estão engajados com o negócio, estando mais propensos a sair da empresa e com isso rendem menos. 

Outro motivo para a baixa produtividade com o alto turnover é a contratação rotineira de novos profissionais. Sempre que um profissional entra na empresa, por mais experiente que ele seja, ele precisa passar pelo processo de onboarding para se adaptar a sua nova realidade. 

E este processo pode demorar alguns dias ou semanas e isso tende a diminuir a produtividade da empresa. Com isso, a empresa perde um funcionário durante esse período, já que em sua adaptação, o colaborador não rende o que um funcionário pleno da empresa rende no dia a dia. 

Com o alto índice de turnover, sempre existirão funcionários em processo de onboarding e a produtividade será mais baixa. 

 

Péssima imagem de marca empregadora 

As empresas estão entendendo que ter uma boa imagem como marca empregadora é fundamental para atrair e reter talentos no negócio. Os profissionais atuais são muito mais exigentes e por isso ter uma imagem de boa marca empregadora é importante para atrair os melhores talentos do mercado. 

Isso também pode fazer com que os funcionários que trabalham na empresa se engajem mais e se mantenham motivados no negócio. Quando a empresa tem um alto índice de turnover, ela provavelmente não tem uma boa imagem no mercado e isso diminui sua credibilidade para os profissionais do mercado. 

Por esses e outros motivos saber como medir o turnover é importante para qualquer empresa no mercado. Controlar o índice de turnover é algo fundamental para que a empresa mantenha os custos e a produtividade em níveis aceitáveis para o crescimento do negócio. 

Notícias Relacionadas