General Manager da Uber para a região sul fala sobre o Futuro da Mobilidade Urbana em encontro do LIDE SC

26 de Abril de 2017

O General Manager da Uber para a região sul, Fábio Plein, debateu diversas questões sobre mobilidade urbana durante um almoço-debate promovido pelo LIDE Santa Catarina, nesta terça-feira (25) na Fiesc, em Florianópolis. O convidado para o segundo encontro deste ano do grupo de líderes empresariais catarinenses compartilhou a experiência do aplicativo desde o lançamento em 2009 até os dias atuais, destacando, principalmente, o papel da tecnologia na construção de cidades mais inteligentes e sustentáveis.

“O vilão não é o veículo em si, mas o uso individualizado que a gente faz deles”, explicou Plein ao acrescentar que “nos primeiros sete meses de 2016, com o compartilhamento de viagens feito pelo uso do uberPOOL, mais de 55.560 toneladas de CO2 deixaram de ser emitidas”, ao defender políticas para um mundo com menos poluição e utilização inteligente de recursos. Atualmente existe no mundo mais de 1 bilhão de veículos, no entanto, em 95% do tempo eles permanecem inativos.

Com esforços focados em resolver problemas de mobilidade, o GM destacou ainda a atuação da Uber em locais com acesso limitado ao transporte público, facilitando o deslocamento. Além disso, a utilização de carros autônomos compartilhados por meio do aplicativo, ou seja, sem a necessidade de motoristas, já estão em testes nos Estados Unidos. A novidade, atrelada ao compartilhamento de veículos, seria capaz de reduzir em até 90% o número de carros em circulação nas ruas, segundo estudo recente do Fórum Internacional de Transportes da OCDE.

Para o presidente do LIDE SC, Wilfredo Gomes, o encontro foi uma oportunidade de debater sobre um tema de extrema relevância para toda a população. “Essa discussão é muito frutífera, temos muitos usuários em Santa Catarina, apesar do aplicativo ter chegado há poucos meses no Estado. Porém, a experiência em outras cidades e países gerou crescimento e aprendizado que são, sem sombra de dúvida, muito valiosos”, afirmou.

Notícias Relacionadas