‘Entender para Atender’ diz Carlos Amaral em encontro com a CDL Jovem

05 de Outubro de 2017

O vice-presidente do SBT Santa Catarina, Carlos Amaral, esteve presente no encontro Conversa Empresarial com a CDL Jovem de Florianópolis nesta terça-feira (3), na sede da entidade.

Jovem e apaixonado pelo associativismo, Carlos Amaral contou a história da família que perpetua há 80 anos no mercado. Focado em comunicação e com a missão de transmitir uma programação saudável, o Grupo SCC é o mais antigo do estado e do país que não mudou os sócios familiares. “Tenho a responsabilidade de ser a quarta geração e estou preparando meu filho para que tenhamos uma quinta sucessão no grupo de comunicação”, conta o empresário.

Sobre sucessão, o visionário foi categórico em dizer que é uma discussão difícil e complicada, mas necessária para evitar problemas no futuro. Toda empresa familiar deveria ter um plano de governança claro e com as regras detalhadas. “Com planejamento é possível separar e diferenciar o pessoal do profissional. O plano de governança tem objetivo de preparar os meus sucessores para que deem continuidade numa gestão sólida”, explica.

Com estabilidade na empresa, Amaral explica aos jovens que o grupo enfrentou todas as dificuldades que qualquer corporação encara durante uma crise econômica, mas o diferencial da emissora foi ter planejado cuidadosamente os próximos passos para não ter surpresas desagradáveis. “Nos últimos três anos, crescemos dois dígitos por ano. Enquanto os concorrentes estavam em queda e enxugando o quadro funcional, nós estávamos contratando e ampliando nossa rede de profissionais”, detalha.

Para finalizar, Amaral revela que aplica a técnica do “entender para atender” diariamente para os colaboradores da emissora. “Para se manter competitivo no mercado é preciso ‘entender para atender’, você só atenderá um cliente bem, se entender as necessidades dele. Quanto mais você conhece e entende sobre determinado assunto, colocar em prática e executar será muito mais simples e trará resultados eficazes”, finaliza o empreendedor.