Publicidade
Endeavor e Sebrae promovem pesquisa sobre empreendedorismo nas universidades brasileiras
11 de Junho de 2014

Endeavor e Sebrae promovem pesquisa sobre empreendedorismo nas universidades brasileiras

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

A edição 2014 do estudo “Empreendedorismo nas Universidades Brasileiras” está sendo realizada online e vai até 20 de junho

endeavor_sebrae01

Publicidade

Mais do que recompensas financeiras na vida, os jovens brasileiros buscam empreender. A Endeavor, organização de fomento ao empreendedorismo, em parceria com o Sebrae, está realizando uma pesquisa para descobrir os desejos dos estudantes e o que eles têm feito para torná-los realidade. Os dados vão ajudar as instituições a contribuir para a melhoria do cenário de educação empreendedora no Brasil. Educandos e professores de instituições públicas e privadas de ensino superior são convidados a participar da edição 2014 da pesquisa “Empreendedorismo nas Universidades Brasileiras”. O questionário para coleta de respostas é online e está disponível na página até o dia 20 de junho. Para incentivar os participantes, 10 cursos online de capacitação em negócios serão sorteados entre os respondentes. Os cursos são interativos e ideais para quem ainda não começou a empreender. Para os professores, existe um questionário específico no endereço que pretende avaliar de que forma os professores e as suas instituições de ensino estão apoiando o empreendedorismo nas universidades. A última edição de estudo, publicado em 2012, ouviu mais de seis mil jovens universitários de vários estados do país. O levantamento constatou que 60% dos entrevistados têm o sonho de empreender, no entanto apenas 38,1% dedicam tempo se capacitando para iniciar um negócio. A independência, com 76,7%, é o maior objetivo dos estudantes, seguido do dinheiro (66%), segurança (56%) e as recompensas pessoais (55%). Os dados revelaram ainda que 44,2% dos potenciais empreendedores cursou uma disciplina ligada a empreendedorismo. E, apesar de a autoconfiança ser a característica marcante dos jovens, a pesquisa apontou que eles não se sentem tão seguros nas atividades mais técnicas. Aproximadamente 34,4% se sentem confiantes ao planejar uma campanha de marketing para um novo produto ou serviço, e 44,8% ao estimar o valor de capital inicial e de giro para abrir um negócio. Além disso, o aumento de confiança é detectado em 70% dos jovens que já trabalharam em startups, e esse índice pode ser até 10% superior nos alunos que cursaram disciplinas ligadas a empreendedorismo ou participaram de entidades estudantis, como empresas juniores, por exemplo. “Conhecer a proporção de universitários que tem a intenção de empreender é um indicador cultural. As novas gerações veem o empreendedorismo de forma muito positiva, geralmente associado ao desejo de autonomia e realização pessoal. Nosso objetivo é acompanhar o crescimento desse sonho entre o público jovem e entender quais são seus principais desafios, para que possamos ajudá-los nessa empreitada”, reforça o diretor-geral da Endeavor Brasil, Juliano Seabra.   Sobre a Endeavor A Endeavor é uma das principais organizações de fomento ao empreendedorismo no mundo. Atua na mobilização de organizações públicas e privadas e no compartilhamento de conhecimento prático e de exemplos de empreendedores de alto impacto para fortalecer a cultura empreendedora do país. No Brasil desde 2000, já ajudou a gerar mais de R$ 2 bilhões em receitas anualmente e mais de 20.000 de empregos diretos através de programas de apoio a empreendedores; e a capacitar mais de 2 milhões de brasileiros com programas educacionais presenciais e à distância. Mais informações: http://endeavor.org.br/

Publicidade
Publicidade