Artigo | Ironman é oportunidade ímpar para Florianópolis - Por Sander DeMira

22 de Maio de 2018

Por Sander DeMira*

Índia, Romênia, Filipinas, Andorra, Ucrânia, Estados Unidos, Chile, Argentina, entre outros trinta e tantos países dos cinco continentes. Não estou falando da Copa do Mundo. Nem de uma reunião da Organização das Nações Unidas (ONU). No domingo, viajantes de todos esses locais – e de todos os estados do Brasil - estarão em Florianópolis – mais especificamente em Jurerê Internacional, na SC 401 e na Beira Mar Norte. Eles vão nadar, pedalar e correr em uma das paisagens mais deslumbrantes do mundo – e por certo terão tempo de sobra para se apaixonar por nossa cidade.

Uma oportunidade ímpar para promovermos em Florianópolis o fortalecimento de uma atividade que ganha força ao redor do mundo: o turismo associado ao esporte. Nesse ano, com mais de 2400 atletas inscritos (gente que viaja com a família, amigos, equipes de apoio) a prova deve gerar uma movimentação econômica de mais de R$ 30 milhões. Recursos que vão entrar no caixa de hotéis, restaurantes e lojas, justamente em um período de baixa no nosso turismo mais tradicional – de praia.

Resta fazermos nossa parte. Florianópolis tem paisagens maravilhosas, um povo acolhedor e uma cultura riquíssima, capaz de conquistar mesmo os mais exigentes. A exposição desses diferenciais por certo há de fazer parte importante desses atletas voltarem em outras ocasiões, gerando mais riqueza.

A prova gera algum transtorno no trânsito. Importante ter em mente, porém, que eventuais filas duram algumas poucas horas – e na maior parte das vezes há caminhos alternativos que podem ser tomados para “fugir” dos engarrafamentos. Os benefícios que esse tipo de prova gera, com grande exposição da cidade para diversas partes do mundo, porém, são permanentes e tem grande poder de se espalhar pela sociedade. No domingo, se for buzinar, que seja para estimular os homens e mulheres de ferro que estarão em Florianópolis para celebrar a vida, a saúde, o esporte e a superação.

 

*Sander De Mira - empresário.