Vídeo digital recebe a maior parte de investimentos na publicidade online

25 de Junho de 2019

Formato "Vídeo" recebeu 38% das verbas dos participantes da pesquisa Digital AdSpend 2019

Os gastos com publicidade digital no Brasil chegaram a R$ 16,1 bilhões no ano passado, e vídeo foi o formato que mais se evidenciou. A conclusão é da pesquisa “Digital AdSpend 2019”, desenvolvida pelo IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau), entidade que congrega mais de 250 empresas, entre anunciantes, agências, veículos e empresas de tecnologia.

Segundo o levantamento, o formato obteve 38% das verbas dos respondentes da pesquisa, que contou com mais de 70 empresas participantes. Display vem atrás, com 34%, enquanto Search tem 18%. Os demais formatos somam 10% das verbas aplicadas no digital.

“Os investimentos em vídeo verificados na amostra do Digital AdSpend 2019 foram muito superiores à participação de 15% registrada nos Estados Unidos no mesmo período, de acordo com levantamento do IAB US”, esclarece a diretora executiva do IAB Brasil, Cris Camargo.

Para o Managing Director Brazil e VP da Google Inc, Fabio Coelho, o sucesso do formato é decorrente ao ritmo acelerado do consumo de vídeos on-line no país. “Este conteúdo atrai uma nova geração de brasileiros que assiste o que quer e quando quer a partir de seu smartphone. Some-se a isso a força do vídeo on-line para a construção de marca e também o desenvolvimento de formatos inovadores destinados à geração de resultados de negócio”, afirma.

A pesquisa deste ano analisa ainda os investimentos em subdivisões do formato de vídeos. Uma delas é e categoria “Outstream/Infeed”, composta pelos anúncios em estilo nativo, que são exibidos à medida que o usuário percorre a página, que ficou com 15% dos investimentos.

Já os vídeos do tipo “In-Stream” concentraram 72% dos gastos. Eles correspondem aos formatos de “pre roll” (anúncio ocorre antes da exibição do conteúdo em vídeo solicitado pelo usuário), “mid roll” (anúncio acontece durante a exibição do conteúdo em vídeo solicitado pelo usuário) e “post roll” (anúncio ocorre após a exibição do conteúdo em vídeo solicitado pelo usuário).

Pela primeira vez, a pesquisa Digital AdSpend foi realizada em parceria com a consultoria PwC, o que resultou na utilização de uma nova metodologia, mais abrangente e que possibilita resultados mais precisos. Para isso, foi combinada a análise de dados publicados pelas maiores empresas do setor com extrapolações econômicas captadas através de relatórios financeiros de companhias globais. A edição 2019 inclui mais de 70 empresas respondentes – entre veículos, anunciantes e agências –, entrevistadas diretamente pela Ilumeo, cujos dados foram utilizados para mensurar a segmentação dos investimentos.

Para conferir a pesquisa completa, acesse este link.