Conheça os vencedores do Prêmio RD Station de Jornalismo

31 de Maio de 2021

Premiação reconheceu os melhores trabalhos em cinco categorias

A RD Station anunciou os vencedores e finalistas do 1º Prêmio RD Station de Jornalismo. A premiação cobriu produções editoriais veiculadas de março de 2020 a fevereiro de 2021, com foco no desenvolvimento do empreendedorismo brasileiro durante a pandemia. A iniciativa é parte de uma série de ações para celebrar os 10 anos da RD Station e tem apoio institucional da Endeavor.

Foram mais de 220 inscrições e a comissão julgadora foi formada por empreendedores, acadêmicos, jornalistas, além de executivos da RD Station.
Confira os finalistas e vencedores de cada uma das categorias:

Reportagem de impresso e online
1º lugar: Letícia Ginak, jornalista e autora da reportagem Empreendedor da periferia de SP sofre outras dores na pandemia, matéria que trouxe um olhar cuidadoso sobre temas complexos, como a falta de logística e ausência do mundo digital faziam com que comerciantes e clientes de áreas pobres da capital paulista vivessem em um mundo à parte daquele visto na explosão nas vendas das gigantes do comércio eletrônico.

2º lugar: Juliana Américo, jornalista e autora da reportagem Por um fio: a luta dos pequenos negócios e a ajuda que vem dos grandes, publicada pela VOCÊ S/A.
A jornalista Claudia Varella completou a lista de finalistas com a matéria especial para o UOL: Empresas aprendem na crise, mostrando as histórias de empreendedores que usaram a tecnologia para se reinventar.

Reportagem em vídeo (TVs e plataformas de streaming)
1º lugar: A vencedora foi a jornalista Rafaela Vivas, com a matéria produzida para o Repórter Justiça, da TV Justiça, com o tema: Arte e a cultura em tempos de pandemia. A reportagem aborda mudanças no mercado de artes, cultura e o impacto econômico do fechamento das atividades no setor. 

2º lugar: Reportagem A pandemia e o aprendizado para a vida financeira, do Jornal da Band, assinada pelo jornalista Pedro Pannuzio. Já a terceira colocação ficou com o jornalista Renato Franco, da Rede Minas, pelo trabalho O Ribeirão é um Mar, uma série de reportagens que aborda a solidariedade, união e força dos habitantes de Ribeirão das Neves, em Minas Gerais.
 
Reportagem de áudio (rádio e podcasts)
1º lugar: Podcast Do Zero ao Topo, da Infomoney, apresentado pela jornalista Letícia Toledo. A jornalista produziu uma edição especial para a pandemia: Gestão de crise - os conselhos de grandes empreendedores para encarar o momento atual.

2º lugar: O segundo lugar ficou com os jornalistas Carol Sandler e Danilo Gobatto, que produzem e apresentam o podcast Meu Dinheiro, Minhas Regras, da Rádio Bandeirantes, que trouxe um episódio com o tema Como ter sucesso abrindo a própria empresa. Fechando a lista de finalistas está o Toque de Mídia, que aborda temas relacionados ao mundo da comunicação e o impacto que as novas tecnologias têm em nossas vidas e nos negócios.
 
Newsletter do ano
1º lugar: A categoria newsletter teve como grande vencedora a The Shift, assinada pelas jornalistas Cristina De Luca e Silvia Bassi. A The Shift resume diariamente as principais notícias de empreendedorismo, inovação e transformação digital de uma maneira simples e direta.

2º lugar: O segundo lugar ficou com a Codex, que aborda assuntos do universo da inovação, fusões e aquisições, comandada pelo jornalista Gustavo Brigatto. O terceiro lugar ficou com a Fintech Brasil News, que aborda conteúdos sobre startups financeiras, criado em 2016 pela jornalista Léa De Luca. 
 
Site revelação

A categoria reconheceu publicações mais jovens que se destacaram na cobertura do empreendedorismo no Brasil durante a pandemia. O grande vencedor foi o Startups, do jornalista Gustavo Brigatto. O site foi criado em 2020 com o principal objetivo de preencher uma lacuna de informação no ecossistema de startups e empreendedorismo na América Latina. 
O segundo colocado foi o The Shift, das jornalistas Cristina De Luca e Silvia Bassi. Já em terceiro lugar o destaque ficou para o site Meus Sertões, projeto que tem por objetivo descobrir e contar histórias relacionadas às 1.262 cidades do semiárido brasileiro.

 

 

Notícias Relacionadas