RefleAções e Contrapontos: nos provérbios populares, o melhor da carreira executiva de Roberto Zardo

11 de Dezembro de 2019

Livro combina ditados universais e manezinhos com experiências e histórias

 

Roberto Zardo escolheu alguns dos mais expressivos e divertidos provérbios populares para compartilhar suas ricas experiências pessoais e corporativas – e, em paralelo, provocar o leitor a refletir e agir – no livro RefleAções e Contrapontos (Carbo Editora), com lançamento marcado para o próximo dia 17 de dezembro – na mesma solenidade em que o Observatório Social de Florianópolis comemorará seus 10 anos de atividades. A obra é ilustrada por ricas fotografias em preto e branco de Evandro Badin e o prefácio de Luiz Seabra, copresidente do Conselho de Administração da Natura.

Zardo iniciou sua carreira como office-boy da Perdigão (atual BRF) e construiu uma trajetória profissional de mais de 40 anos como executivo de grandes corporações – Natura, Johnson & Johnson, Cargil e General Motors – e também inúmeros trabalhos voluntários, casos do Observatório Social de Florianópolis, onde é presidente, Excelência Santa Catarina e ADVB/SC.

Economista, com mestrado em Administração de Empresas e professor universitário, o autor é cinéfilo e leitor compulsivo, oferecendo no livro inúmeras pérolas das telas e das estantes, como base de suas ricas inferências. Natural de Arroio Trinta, interior de Santa Catarina, Roberto Zardo tem 64 anos e também traz muito de suas origens italianas, no tom e no conteúdo da deliciosa narrativa de RefleAções e Contrapontos.