Rádio Som Maior anuncia a contratação de Upiara Boschi

16 de Abril de 2021

Jornalista que trabalhou por 15 anos na RBS/NSC, iniciará na empresa de Criciúma no dia 3 de maio

 

O anúncio foi feito na última sexta-feira, 16 de abril, pelo fundador da Rádio Som Maior, Adelor Lessa, que informou seus ouvintes sobre a chegada do jornalista político. "O Upiara passa a ser o nosso companheiro de equipe, é um privilégio tê-lo. Criciúma, o Sul do estado o acompanha há um bom tempo e tê-lo na nossa equipe é um privilégio. Ao longo do tempo vamos detalhar, mas vamos conversar todos os dias de manhã cedo sobre política. O Upiara tem uma carreira consolidada em Santa Catarina”, salientou Adelor Lessa.

Upiara em Criciúma
“Eu nunca quis falar de política para Criciúma e dizer umas coisas que lá na Ilha estão pensando que é assim. Não quero passar essa vergonha. Eu quero entender. Quero ter fontes lá também. Agora que vou estar mais próximo com a minha participação aqui diária, eu quero melhorar ainda mais o acesso à fonte de Criciúma. Não é pegar um boletim que possa servir para Chapecó, para Criciúma. Como eu sei que é diferente o olhar de cada região eu quero falar da política catarinense sabendo que estou falando com Criciúma. Não vou mandar para cá um material que mandei para outras regiões”, concluiu.

Trajetória de Upiara
Gaúcho de Vacaria, Upiara foi morar em Florianópolis aos 12 anos de idade. Lá cursou Jornalismo na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) e começou a trabalhar na sucursal do jornal A Notícia ainda antes de ser adquirida pela RBS, hoje NSC. “Quando a RBS comprou, ela diminuiu esta sucursal e nisso eu tive que fazer uma escolha: ir para o Diário Catarinense online para fazer a editoria de Geral, ou ir para Joinville para continuar fazendo Política. E foi esta a escolha que fiz. E foi importante porque entendi como Santa Catarina é diferente de Florianópolis e a partir desta constatação vi como cada centro regional tem a sua própria cara, a sua lógica, o seu próprio jeito de ver a política e isso é uma das coisas mais maravilhosas que o estado tem. Cada região tem o seu jeito e o seu peso, que são muito equivalentes. Foi muito importante para mim voltar para Florianópolis com um olhar diferente”, destacou o jornalista.

 

Oriundo do site 4oito.

Notícias Relacionadas