Planeta.Doc abre sessão de conferências socioambientais em Florianópolis

04 de Novembro de 2016

O público lotou o auditório Garapuvu, na UFSC, durante a abertura do Planeta.Doc Conferência na noite da última quinta-feira (3), em Florianópolis, para ouvir cinco dos principais especialistas internacionais na área socioambiental. Falaram ao público sobre suas experiências e estudos a respeito do tema Camila Moreno, com extenso trabalho ligado às métricas do carbono e que atualmente conclui doutorado com tese sobre as negociações internacionais do clima. Ela iniciou o ciclo abordando a problemática das mudanças climáticas, a perda da biodiversidade e a degradação das terras agricultáveis e da água doce.

Foi seguida pelo cineasta Beto Brant, diretor de premiadas obras como “O Invasor”, “Os Matadores” e “Eu Receberia as Piores Notícias dos seus Lindos Lábios”. Durante sua exposição à plateia, explicou a problemática socioambiental a partir de suas experiências cinematográficas, principalmente na Amazônia. Depois foi a vez do botânico Ricardo Cardim expor sua ideia bem sucedida das “Florestas de Bolso” como forma de devolver as plantas nativas às cidades - tudo por meio de parcerias junto a voluntários e iniciativa privada. “Temos hoje o que chamo de paisagismo fast food, onde o que plantamos em nossas cidades são espécies ‘importadas’ e que nada têm a ver com nossa mata original. Além de esconder nossas belezas já dizimadas, trazem prejuízo ao meio ambiente por competir na natureza com nossa flora original”, afirmou.

Encerrando as atividades do dia, Nina Orlow, arquiteta, ambientalista e membro da Rede Nossa São Paulo e da Aliança Resíduo Zero Brasil, falou sobre a arquitetura orgânica e seu papel para um Brasil mais sustentável. Segundo ela, o caminho é longo, já que menos de 1% do território agricultável nacional é destinado a práticas agroecológicas. 

Programação de sexta- Neste segundo dia de Planeta.Doc Conferência, entre os convidados que sobem ao palco do auditório Garapuvu estão o mexicano Enrique Leff, considerado um dos maiores intelectuais latino-americanos no âmbito da problemática ambiental, e Carlos Porto-Gonçalves, vencedor do prêmio Chico Mendes e Marcello Lopes de Sousa, ganhador do prêmio Jabuti. O evento integra a programação do Festival Internacional de Cinema Socioambiental e será realizado entre 19h e 22h. "Foi uma grande conquista reunir esses renomados especialistas na área socioambiental para debater os principais dilemas da sustentabilidade. Desta forma pretendemos contribuir para esse movimento vital de transformação dos indivíduos e da sociedade”, contou Mônica Linhares, diretora do Planeta.Doc.

Mostra Diretores- O cineasta Beto Brant estará neste sábado (5), no Centro Integrado de Cultura (CIC), para a Mostra Diretores do Planeta.Doc. Haverá a exibição do documentário "Pitanga" e na sequencia um debate com o diretor. A obra mostra a vida, o legado e a carreira de Antônio Pitanga, um dos maiores atores do cinema nacional de todos os tempos, protagonista de momentos marcantes da cinematografia brasileira e de filmes importantes dirigidos por nomes como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Walter Lima Jr. 

 

PLANETA.DOC CONFERÊNCIA
Data: 4 de novembro, sexta-feira
Local: Auditório Garapuvu da Universidade Federal de Santa Catarina
Horário: 19h às 22h
Entrada: gratuita 
Inscrição: migre.me/uZSJP.
Saiba mais: planetadoc.com/conferencias.php.